Central de Notícias

ARTIGOS

Comentário de Português à Prova de Auditor do TCE PE

20/10/2017 - Fabricio Paes

A prova de Língua Portuguesa do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE PE), organizada pela banca CESPE, teve dificuldade moderada. Apesar de terem sido cobrados alguns textos, nenhum era muito extenso, o que facilitava tanto a parte de interpretação quanto a própria localização de determinados termos cobrados.

A prova teve o total de 15 questões, conforme distribuição de assuntos abaixo:

print01

Inicialmente, ressalte-se a importância que o assunto Compreensão e Interpretação de textos de gêneros variados teve para a prova! Representou 47% da prova!

As questões 01, 03 e 06 tiveram dificuldade baixa. As questões 02, 04, 05, 11, 12, 13 e 14 tiveram dificuldade mediana. Já as questões 07, 08, 09, 10 e 15 tiveram dificuldade alta.

A seguir, faremos uma breve análise de alguns pontos das questões da prova.

Questão 1

A questão aborda a substituição de palavras ou de trechos no texto. Para acertar esse tipo de questão, você deve ler com atenção o trecho e saber entender se a substituição causa algum prejuízo à estrutura. No caso da questão, o trecho “mecanismos de proteção” substitui, sem nenhum prejuízo para o texto, a palavra “proteção”. Questão CERTA.

Questão 2

Esta questão aborda o assunto mais cobrado na prova, Compreensão e Interpretação de texto de gêneros variados. Ao incluir aspas à palavra “falha”, o autor realmente insere uma opinião pessoal sobre o sentido da palavra no texto, pois ele tenta relativizar esse equívoco dos atenienses (o de não haver direitos humanos). Questão CERTA.

Questão 3

Mais uma questão sobre Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. Ao contrário do que afirma a questão, o autor, principalmente nas linhas 10 a 16, defende a ideia de que havia mais participação política na democracia ateniense do que no mundo contemporâneo. Questão ERRADA.

Questão 4

O assunto abordado também é Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. A questão afirma, corretamente, que o texto defende posição de que houve aumento, na era moderna, da defesa do indivíduo contra o Estado, fato explicitado nas linhas 22 a 28. Questão CERTA.

Questão 5

Esta questão aborda o assunto Reconhecimento de Tipos e Gêneros Textuais. Ao observar o primeiro parágrafo, nota-se que o autor utiliza, assim com a questão afirma, recursos do tipo textual NARRAÇÃO, tais como: i) Narrador Observador – utilizado na 3ª pessoa; ii) Tempo utilizado no pretérito perfeito. Questão CERTA.

Questão 6

Esta questão aborda um dos elementos das Classes de Palavras, o Pronome. Parte da questão está correta, pois o pronome “ele” em “ele salvara” (linhas 20 e 21) realmente refere-se a “Temístocles”. Todavia, o pronome “o” em “protegendo-o” (linha 22) refere-se a “homem”, não a “Temístocles”. Questão ERRADA.

Questão 7

Questão difícil sobre Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. Conforme é exposto na questão, observa-se que o autor busca conceituar democracia e cidadania, ambos em um plano formal, ideal (linhas 19 a 40). O texto afirma, ainda, que há problemas para se alcançar esse plano formal, conforme linhas 10 a 18 e linhas 41 a 47. Questão CERTA.

Questão 8

Mais uma questão sobre Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. O enunciado afirma, de maneira equivocada, que o Estado não seria o agente indutor da cidadania e da democracia. O autor, nas linhas 33 a 35, expressa o inverso, pois afirma a importância do Estado para a proteção das liberdades políticas e civis. Questão ERRADA.

Questão 9

Questão difícil e um tanto polêmica. A afirmação da questão não é plenamente confirmada em nenhum trecho da questão. Talvez o que mais se aproxime dessa afirmativa seria o trecho das linhas 33 a 35. Questão considerada CCERTA.

Questão 10

Última questão sobre Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados (ufa!rsrs). O enunciado afirma, de forma equivocada, que os direitos sociais, políticos e civis são indissociáveis em relação à promoção da igualdade. O autor, na verdade, afirma (linhas 28 a 30) que esses direitos devem gerar uma cidadania integral, sendo estes, sim, indissociáveis na promoção dessa cidadania. Questão ERRADA.

Questão 11

Questão que trata do assunto Emprego de tempos e modos verbais. Ao haver a substituição do verbo “terem” por existirem, o sentido do texto muda, pois o verbo “terem” está inserido no texto com o sentido de “possuir”, significado diferente do verbo “existirem”. Questão ERRADA.

Questão 12

Questão sobre o tema Relações de subordinação e coordenação entre orações e entre termos da oração. O trecho “um patamar mínimo de igualdade entre os membros da sociedade” é, na verdade, sujeito da oração, não complemento do verbo “existir”. Questão ERRADA.

Questão 13

Questão sobre Sinonímia (e sobre Compreensão do Texto também). A Banca erra ao afirmar que “cidadania integral” e “democracia eleitoral” foram utilizadas, pelo autor, como sinônimos. A compreensão do 4º parágrafo nos permite afirmar que estes dois termos têm significados distintos no texto. Questão ERRADA.

Questão 14

Questão sobre Relações de subordinação e coordenação entre orações e entre termos da oração. O trecho citado pela Banca, “ser o desafio das democracias de massa para obter legitimidade”, é, na verdade complemento do verbo “parecer”. Questão ERRADA.

Questão 15

A última questão da prova trata de Substituição de palavras ou de trechos de texto. A inserção do trecho “uma vez que” não gera prejuízo para o sentido dos dois períodos, pois o segundo período justifica o trecho do primeiro. Questão CERTA.

Caros alunos, com isso encerramos nossos breves comentários da disciplina Português da prova para Auditor de Controle Externo (Cargos 1 e 2) para o TCE PE. De uma maneira geral, a prova não foi muito pesada (exceto algumas questões de interpretação de texto). A Banca CESPE manteve seu histórico, cobrando mais questões de interpretação de texto e diluindo as demais questões em diversos assuntos.

O planejamento da LS Concursos, na disciplina Português, abordou todos os assuntos cobrados na prova. O aluno que cumpriu todas as metas desta disciplina ficou muito bem preparado para enfrentar as questões com tranquilidade.

Espero que tenha ajudado a entender os tópicos abordados nesta prova. Caso não tenha logrado êxito nesta prova, continue sua preparação para as próximas provas da área de Controle. O concurso do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE PB), por exemplo, está bem próximo!

“Se você quer ser bem sucedido, precisa ter dedicação total, buscar seu último limite e dar o melhor de si mesmo”

Ayrton Senna

Forte abraço!

Clique a seguir e siga-me no Instagram: