Central de Notícias

ARTIGOS

COMO FAZER REVISÕES AINDA MELHORES?

22/10/2018 - Helder Moura

Os editais de concursos públicos são extensos, o conteúdo programático é enorme; com tanta coisa para estudar você consegue memorizar tudo em uma única passada por cada tópico? Eu mesmo não consigo, por isso, é importante revisar. O problema é que muitos alunos não sabem fazer isso e acabam estudando tudo novamente; isso é um problema, pois o conteúdo, como eu disse antes, é enorme, se você estudar tudo novamente vai pelo menos dobrar o volume.

Mas, então, como Fazer REVISÕES para Concursos?

Primeiro passo: você precisa, antes, no momento do estudo da teoria, fazer algumas das ações a seguir, ou então, todas, quais sejam – resumos; marcações de texto; flash cards; e mapas mentais. Mantenha tudo bem organizado, pois assim ficará mais fácil para você saber a sequência certa de revisar, com isso, economizará tempo, já que não precisará pesquisar o assunto a ser revisado.

Segundo passo: drible a curva do esquecimento, essa teoria diz que parte do conteúdo estudado vai sendo perdido aos poucos nos intervalos de 24hs, 7 dias e 30 dias. Para saber mais faça uma breve pesquisa sobre a curva do esquecimento, na internet.
Para driblar, pelo menos um pouco, essa curva, é necessário que você faça revisões a cada 24hs, 7 dias e 30 dias, após ter estudado determinado conteúdo. Como sugestão, adote para cada uma os tempos de 20min, 15min, e 10min, respectivamente.

Lembre-se: seja organizado e mantenha um padrão de armazenamento dos seus resumos, ou seja, coloque data e título; isso facilitará na hora de fazer revisões. Você pode, também, adotar um caderninho só para esse fim, dessa forma, anote qual foi o assunto estudado no dia; no mesmo espaço, marque as datas de revisões; depois é só conferir, todos os dias, qual a revisão que deverá fazer.

QUANTAS REVISÕES SÃO NECESSÁRIAS?
Segundo estudiosos do assunto, nós precisamos em média de 7 revisões para gravarmos algo em nossa memória de longo prazo.

COMO FAZER REVISÕES AINDA MELHORES?
O método descrito acima é o mais conhecido e é uma boa alternativa para quem deseja ter um norte inicial e ainda não sabe como revisar. Mas na minha opinião, a melhor técnica de revisão é aquela que leva em consideração as peculiaridades de cada aluno como, por exemplo: ritmo de estudos, evolução no aprendizado, além de dificuldades encontradas, entre outros fatores.

Isso você conseguirá mensurar com o passar do tempo, conforme ganhar experiência, ou então, com a ajuda de um profissional especialista em concursos que esteja empenhado na sua aprovação. Pode parecer que esse seja um serviço caro, mas não é. Veja uma mensagem que recebi de um de nossos aprovados:

“Helder Moura, muito obrigado pela ajuda. O investimento que fiz foi muito bom, pois passei antes do que esperava e o meu primeiro mês de salário já cobriu os gastos com a consultoria” (Aguinaldo Araújo – aprovado em 1º lugar na prefeitura da sua cidade e em 17º na PC/AC).

Se precisar de uma força nos estudos, agende uma entrevista sem compromisso e saiba melhor como funciona. Vou deixar o link abaixo. Quem sabe você entra para o nosso time de alunos aprovados e o seu nome conste como exemplo em um dos meus artigos no futuro.

Prof. Helder Moura.
Bons estudos