Central de Notícias

ARTIGOS

Enfrente os seus próprios obstáculos

08/11/2017 - Bruno Machado

“Depois de tantos relatos de sucesso, vai dar certo comigo também”. Aí você procura o nome do sujeito na sessão de depoimentos, lê atentamente cada uma daquelas palavras, e chega ao fim da página com um grande sentimento de admiração. Afinal, ele venceu e hoje contempla o resultado de sua batalha: a aprovação.

No dia seguinte, vai atrás de mais um depoimento para dar aquele gás antes de começar a estudar. Está buscando um pouco mais de inspiração, não é? Sei muito bem. Palavras e histórias inspiradoras ajudam a criar um ambiente estimulante, e facilitam a mentalização de sua própria história de sucesso. É realmente ótimo!

No entanto, isso parece se repetir dia após dia, até chegar um momento em que todos os depoimentos já foram lidos, e você até adicionou todos eles no Facebook. Mandou mensagem privada e já segue no Instagram. Espera ansiosamente por suas postagens, e acompanha o que cada um deles tem a dizer. Afinal, se você seguir todos os passos deles, o resultado será o mesmo, certo?

Talvez.

Chega uma hora que a interrogação palpita e você se pergunta: será que eu também consigo? Será que esse cara é mesmo desse mundo? Só pode ser gênio…. Acho que talvez eu não seja capaz. Não sei se também consigo. Tem tanta coisa acontecendo na minha vida que acho que não vai dar. Num piscar de olhos, a insegurança toma lugar e você começa a duvidar de si mesmo.

Sabe porque isso acontece? Porque embora todas as histórias que existem por aí possam ser realmente inspiradoras, elas não são suas. Você está tendo a chance de ver como outras pessoas conseguiram superar os obstáculos delas. Daí, pelo simples fato de que os obstáculos daquela pessoa foram superados – enquanto os seus ainda estão ali, mais presentes do que nunca -, você pode ter a sensação de que os seus problemas são mais complexos, o que nem sempre é verdade. É possível que isso seja apenas o seu inconsciente tentando justificar o conforto de sua inércia, dando a impressão de que o seu caso é especial.

Não me entenda mal! Esse hábito de buscar inspiração em histórias de bravura é uma das ferramentas mais importantes que possuímos. Desde pequenos, um cobertor qualquer se torna a capa de um super-herói, e saltamos da cabeceira da cama rumo aos céus. Em um piscar de olhos, diante da tela do cinema, estamos no campo de batalha enfrentando um exército de inimigos. Poderíamos encher mais uma página de exemplos, mas isso não é necessário. A coisa é simples: adoramos encarar obstáculos imaginários para que possamos, também, imaginar e saborear o prazer da vitória.

Em nosso mundo imaginário, venceremos.

Só que o duelo do cotidiano tem uma característica especial: ele é real. Você está sendo colocado à prova diariamente, e não basta só imaginar. O cansaço chega, a doença aparece, o carro quebra, o ônibus tá cheio e ainda tenho que pegar mais dois, o computador queima, o namoro termina, o cachorro morre, o salário atrasa, o chefe olha torto, o vizinho bota o som alto, nem sinal do edital, microeconomia é muito difícil, sempre tive dificuldade com português e acho que vou deixar essa tarefa pra depois. E você ainda achava que a prova é que era difícil, né?

Vou contar um segredo: somente quando você encarar com seriedade os seus próprios obstáculos é que conseguirá encontrar a inspiração necessária para vencê-los.

É muito fácil usar o imaginário para acelerar o filme da vida e pular toda aquela parte chata, chegando direto ao final feliz – justamente naquele momento em que o seu objetivo foi finalmente alcançado. Obviamente, lembrar-se dos percalços do caminho pode não ser muito estimulante num primeiro momento, mas reconhecer que eles vão sempre estar presentes é o mínimo que você pode fazer para enfrentar a realidade.

Pode até parecer que seria mais fácil estar no lugar de outra pessoa, mas isso não passa de um vitimismo inconveniente. O negócio é que cada um vive cercado por um universo particular de problemas diversos, e se formos realmente parar para pensar, chegaremos à estranha conclusão de que e isso talvez seja uma das melhores coisas de nossas vidas! Por quê? Para que possamos sempre experimentar a gratificante sensação de vencê-los – e todos nós nascemos para isso.

Clique a seguir e siga-me no Instagram: