Central de Notícias

ARTIGOS

Metas da LS: Como manter seus rendimentos no verde em todas as matérias

28/07/2018 - Rafael Lira

Olá futuro concursado(a),

          Meu nome é Rafael Lira, consultor da LS Concursos e ex-aluno da consultoria, aprovado em 2o lugar no último concurso para Auditor do Tribunal de Contas de Pernambuco. (apresentação completa em:  https://goo.gl/U67qbj)

          O meu objetivo nesse artigo é contar um pouco da minha experiência como aluno da consultoria e como eu fazia (quais eram minhas técnicas) para manter os meus rendimentos no verde em todas as matérias enquanto eu estudava para concursos públicos.

          Primeiramente, queria dizer que manter todos os seus rendimentos no verde não é (e não deve ser) o seu ponto final. Seu ponto final é PASSAR NO CONCURSO QUE VOCÊ ALMEJA. Porém, manter essa tabelinha no verde é o caminho que vai te levar a alcançar esse objetivo. É ela que vai te mostrar como está indo o seu estudo em determinada matéria, se você está tendo dificuldades em algum assunto ou se está indo no caminho certo para a sua aprovação. Em resumo, caro aluno(a), essa tabelinha basicamente concatena como está indo sua preparação e o quão perto ou longe você está da sua aprovação. Sendo assim, queremos que ela esteja sempre nos mostrando que estamos no caminho certo, não é mesmo? E é para isso que serve esse artigo.

          Deixando de enrolação, vamos para o que interessa: Rafael, o que eu posso fazer para aumentar meus rendimentos e deixar minha tabela toda verde? Não existe uma resposta objetiva para isso, mas vou te passar técnicas que eu utilizava e que podem também servir para você. Vamos lá:

1. Confie no seu potencial. Um dos grandes problemas de boa parte dos alunos é duvidar do próprio potencial na hora de estudar para concursos públicos. Acreditem em mim: é plenamente possível um aluno manter todos os seus rendimentos no verde durante sua preparação aqui na LS. Tenho uma boa quantidade de alunos nessa situação e posso afirmar que isso não acontece porque eles são gênios (alguns até podem ser) ou extraterrestres (pelo menos acredito que não sejam). Ai alguém poderia dizer: “isso acontece, porque eles fazem 50 horas de estudo por semana e apenas estudam”. Não é bem assim. Alguns deles “apenas” estudam, outros estudam e trabalham. Alguns estudam 30h por semana, outros estudam 50. Isso não importa muito pessoal, o importante é que se eles conseguem, vocês também podem conseguir. Então, mudem esse pensamento e passem a estipular que ver essa tabela toda verde vai ser uma de suas metas pessoais de estudo, combinados? TODOS os alunos têm potencial e capacidade suficientes para atingir essa meta. Por meio desse artigo, espero ajudá-los a alcançar esse objetivo.

2. Mire sempre no 1o lugar. Não estude para ser o último a ser chamado ou o último a ficar dentro da vagas. Estude para ser o(a) 1o COLOCADO(A) do seu concurso. É óbvio que, no final, o que vale mesmo é passar. Porém, durante os seus estudos, seu pensamento tem que ser outro: você tem que estudar para ser O DESTAQUE daquele concurso. Isso é motivante galera, é com essa motivação que você tem que estudar: comendo os livros e as questões. Execute cada tarefa de questões como se você estivesse na semana da prova e você vai ver que os seus resultados vão acompanhar esse seu novo pensamento. No final, até pode ser que você não seja o(a) primeiro(a) colocado(a), mas vai garantir seu nome dentro da lista de aprovados, que é o que importa.

3. Execute as metas semanais com a maior qualidade possível. Galera, não adianta você pegar uma meta e tentar executar de todo jeito apenas para cumprir aquilo que está escrito. Executar a meta por executar não vai te aprovar. O que vai te colocar na lista de aprovados é executar a meta semanal COM QUALIDADE: é entender aquilo que está sendo ensinado, é montar um bom material para revisões futuras, é ler o comentário das questões que você errou, entendeu? O método da LS é o método de estudo mais testado do mercado. Nós já aprovamos centenas de concursados nos mais disputados concursos públicos do país durante todo esse tempo de trabalho da consultoria (é só olhar os resultados dos ex-alunos da LS na parte dedicada a aprovados do nosso site). Porém, ele perde sua eficiência se você não executar com cuidado e qualidade cada tarefa que o consultor colocou na sua meta. Confie naquilo que está sendo pedido na sua tarefa e execute com o máximo de qualidade possível. Esse aspecto irá se refletir diretamente nos seus resultados de questões e na sua prova na hora do concurso (pode ter certeza). É óbvio que existem formas de melhorar o seu rendimento pessoal (por isso que eu estou fazendo esse e outros artigos), mas é importante entender que o método funciona, basta que o aluno o execute com a maior atenção e qualidade possível.

4. Não execute, necessariamente, as tarefas na ordem que elas vem dispostas na meta semanal. Nós, consultores, montamos a sua meta da forma mais balanceada possível, usando técnicas (exemplo: intercalando tarefas mais cansativas com tarefas mais leves) para deixar a execução da meta o mais eficiente possível. Porém, nada substitui o seu sentimento em relação a tarefas que são passadas toda semana. Portanto, ao baixar a meta faça uma leitura e uma análise daquilo que está sendo “cobrado” naquela meta. Veja se existem tarefas mais extensas, se existem tarefas mais difíceis para você, se existem tarefas mais tranquilas. De posse dessas informações, aloque essas tarefas em possíveis horários de execução durante a sua semana de estudos. Por exemplo, não vale a pena que você use o “filé” do seu horário de estudo para executar tarefas que são muito mecânicas (como leitura de lei seca). Se isso acontecer você estará sendo ineficiente nos seus estudos. Nesse caso, vale muito mais a pena que você execute ,naquele momento, uma tarefa de leitura da teoria de uma matéria mais importante (como direito tributário, para área fiscal) ou que você acha mais difícil (exemplo: contabilidade). Entendeu? Aloque tarefas importantes no “filé” da sua semana de estudo e tarefas “menos importantes” nos outros períodos de estudos (como na hora do almoço).

5. NÃO ATRASE AS METAS. Pode parecer bobagem ou algo batido, mas é extremamente importante para os seus estudos que você não atrase suas metas semanais. Seu cérebro se acostuma muito fácil com as coisas e está sempre em busca do ponto de menos energia. Se você começa a atrasar metas seguidamente, seu cérebro vai começar a aceitar que isso é algo normal e não vai mais “te cobrar” quando isso acontecer. Com o tempo, o “normal” para ele vai ser “atrasar metas de estudos” e não “cumprir as metas no prazo”. Isso é muito ruim para o seu estudo, pois você começa a se desestimular e perder a vontade de estudar ou pior: executar as tarefas de estudo de qualquer jeito. Além disso, a distância entre a tarefa de estudo da teoria de determinado assunto e a tarefa de resolução de questões relacionadas com aquele assunto começa a aumentar e você diminui, novamente, a sua eficiência na resolução de questões (simplesmente pelo fato de você ter estudado aquele assunto há séculos atrás). Portanto, não atrase as metas. É melhor que você solicite ao seu consultor um diminuição das tarefas semanais do que atrasar as metas. Porém, nada de diminuição para sempre, viu? Diminuir sabendo que você tem que retornar ao patamar anterior.

6. Leve seus erros na resolução de questões para o seu resumo. É importante que você esteja sempre atualizando o seu resumo (seja com a inclusão de pontos que não ficaram claros, seja com a exclusão de assuntos já batidos para você). Não adianta você sempre errar um tipo de questão e não tomar uma atitude para resolver isso. A solução é sempre atualizar o seu resumo com aquilo que você está errando para que não erre mais no futuro. Deixe essa informação lá até você aprender e não errar mais.

7. Antes de qualquer resolução de exercícios, revise rapidamente o assunto que vai ser tratado naquela tarefa. Recomendo isso porque normalmente o aluno resolve exercícios de um determinado assunto algum tempo depois de ter estudado a teoria daquela parte da matéria. Além disso, entre o estudo inicial da teoria e a resolução de questões daquele assunto, o aluno viu milhares de outras informações nas dezenas de outras matérias que ele estuda na semana. Então, ajude seu cérebro: dê uma lida rápida no seu resumo antes de resolver as questões, pare uns 10 minutinhos e só depois resolva as questões pedidas na tarefa. Fazendo isso eu te garanto que quando chegar perto da prova você vai ter seu resumo decorado de tanto ter lido aquilo ali durante os seus estudos (isso não é brincadeira, acontece mesmo).

          Então, querido aluno(a), esse artigo eu encerro por aqui, mas pretendo fazer a continuação do assunto nos próximos artigos que postarei aqui no site da LS. Espero ter conseguido passar um pouco da minha experiência como ex-aluno da LS e assim ajudá-los nessa caminhada tão desafiadora que é a aprovação para concursos públicos em alto nível.

         Se você deseja dominar as melhores técnicas de estudo e fazer parte da equipe que mais aprova em concursos públicos no país, marque uma entrevista comigo clicando na opção a seguir:

Clique a seguir e siga-me no Instagram: