Central de Notícias

ARTIGOS

Não vou conseguir fechar o planejamento pós-edital. E agora?

26/08/2017 - Fabrício Massena Petruccelli

Meus concorrentes estão estudando muito, atrasei a meta por alguns dias e agora tudo está perdido! Sim, eu sei que esse é o pensamento que vem à cabeça quando não conseguimos cumprir o planejado. No entanto, neste artigo tentarei mostrar que não é bem assim que as coisas funcionam e sua aprovação não foi por água abaixo.

Primeiramente, vou falar um pouco sobre a minha preparação pro ICMS-RJ 2014. O edital do concurso foi lançado no dia 29/09/2013 e fui migrado para o planejamento pós-edital em seguida. As provas seriam nos dias 12/01/2014 e 19/01/2014. Para conseguir me preparar bem, tirei 20 dias de férias antes do recesso de final de ano e 10 dias depois do recesso. Pensei comigo mesmo: show! Vou conseguir dar um gás nesse período e tirar todo o atraso que surgir enquanto estiver trabalhando. Mantive o planejamento em dia durante um bom período do pós, mas adivinha quando o meu ritmo foi cair? Quando entrei de férias! Talvez a rotina mais tranquila acabasse me deixando mais relaxado e não conseguia imprimir o mesmo ritmo de antes. Ao mesmo tempo, essa diminuição de rimo me deixava mais preocupado e isso refletia no meu rendimento.

Mais ou menos na época da virada do ano, verifiquei que estava com algumas tarefas em atraso e não conseguiria fechar o pós-edital por completo. Decidi que não faria as tarefas de algumas matérias nas quais tinha mais segurança (Inglês e Português) e passaria mais rápido por outras, como Civil. Tudo isso para abrir tempo para as matérias que considerava mais importantes. Isso me deixou seguro para a prova? Não! Fiquei preocupado com essa estratégia. No entanto, tentei relaxar e ver no que ia dar. Depois que saiu o resultado, vi que foi o melhor a se fazer.

O mesmo aconteceu com meus alunos durante esses 3 anos de consultoria. Muitos não conseguiram fechar o planejamento pós-edital, pois ele realmente é bem pesado e feito para que nossos alunos cheguem bem afiados na hora da prova. Apesar disso, muitos deles passaram. O que fizemos? A mesma coisa! Priorizamos algumas matérias na reta final e deixamos outras para o caso de sobrar tempo. Lembro bem do caso do Diogo Tournour (3º Lugar no ISS Cuiabá 2016). Ele não conseguiu tirar férias antes da prova e acabou tendo que ir para uma missão de 2 ou 3 semanas, na qual não conseguiu estudar direito. Ao chegar, me mandou mensagem e perguntou o que fazer. Elaboramos uma lista de prioridades e felizmente conseguiu lograr êxito no concurso.

Estes são dois casos que podem exemplificar o que gostaria de passar para vocês nesse artigo: você pode passar mesmo sem fechar todo o seu planejamento. Só de tentar manter esse ritmo forte, já estará evoluindo muito e poderá mandar muito bem na sua prova. Se não tiver conseguindo fechar, não se desespere, estabeleça prioridades (se for aluno, converse com seu consultor) e faça o seu melhor. O resultado é consequência de tudo que fez até agora, não só desse período final.

Portanto, confie no seu potencial e não se subestime. A aprovação está nas suas mãos!

Espero que tenham gostado desse artigo e se tiverem qualquer sugestão ou dúvida, contem comigo.

Fabrício Massena Petruccelli

Clique a seguir e siga-me no Instagram: