Central de Notícias

ARTIGOS

O que você precisa saber para passar na PCDF – Escrivão

08/11/2018 - Roberto Wanderley

Olá, pessoal.

Tudo bem?

Observei que muitos alunos desejam fazer o concurso de escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal. Não poderia ser diferente, trata-se de uma excelente carreira com salário bastante atraente, além, é claro, da possibilidade de morar na capital federal – o maior IDH do Brasil.

Desta forma, o que você deve saber para passar nesse concorrido concurso? Quais são os requisitos do cargo? Quais as fases do concurso? Como estudar de forma eficiente e efetiva? Quais as matérias de maior relevância?

Se você deseja obter essas preciosas informações, peço que leia esse artigo até o fim.

O concurso já está autorizado e, portanto, estudar de maneira errada fará você perder tempo, dinheiro e uma excelente oportunidade. Tendo em vista que estamos numa fase pré-edital, é fundamental conhecer as regras jogo passado (edital de 2013), observe que, embora sempre ocorra mudanças, na grande maioria do concursos, a estrutura do edital se mantém.

Requisitos

Escolaridade – De acordo com o edital de 2013, era exigido do candidato diploma, devidamente registrado, de graduação em nível superior em qualquer área de formação. Porém, atenção! O edital foi expresso ao exigir graduação de nível superior em bacharelado, ou seja, em tese, não cumpria os requisitos candidatos com graduação em licenciatura ou tecnólogo.

Habilitação – também foi posto ao candidato possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria B ou superior em plena validade

Regime de trabalho – o candidato aprovado estaria sujeito a regime de trabalho de dedicação integral, incompatível com o exercício de qualquer outra atividade pública ou privada

Exame Toxicológico – O candidato, no ato da inscrição, deveria autorizar a coleta de material para a realização de exames antidrogas, a qualquer tempo, no interesse da PCDF, sob pena de eliminação no concurso.

Fases do concurso

É sempre importante lembrar a peculiaridade dos concursos policiais, uma vez que não se encerram nas provas objetivas e discursiva. O concurso de escrivão da PCDF de 2013 foi divido em duas etapas

Primeira etapa

Consistia nas seguintes fases

  1. Prova Objetiva – de caráter eliminatório e classificatório
  • Conhecimentos básicos com 50 itens no total
  • Conhecimentos específicos com 70 itens no total
  1. Prova discursiva – de caráter eliminatório e classificatório
  • Redação de texto dissertativo de até 30 linhas, abordando temas relacionados ao conteúdo programático, valendo 20 pontos.
  1. Prova de capacidade física – somente caráter eliminatório
  • prova de capacidade física, de caráter unicamente eliminatório, visa avaliar a capacidade do candidato, com deficiência ou não, para suportar, física e organicamente,as exigências da prática de atividades físicas a que será submetido durante o Curso de Formação Profissional e para desempenhar as tarefas típicas da categoria funcional.
  • Teste de barra fixa
  • Flexão abdominal
  • Meio sugado
  • Corrida de doze minutos
  1. Exames biométricos e avaliação médica – caráter exclusivamente eliminatório

  2. Prova prática de digitação – caráter exclusivamente eliminatório
  • Prova prática valeu 5,00 pontos
  • Consistiu na digitação de um texto predefinido de aproximadamente dois mil caracteres, em computador compatível com IBM/PC, em qualquer  tipo de teclado
  • Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior 2,50 pontos;
  • Quer saber mais sobre o critérios de avaliação da prova prática de digitação – Clique aqui
  1. Avaliação psicológica – de caráter eliminatório 
  2. Sindicância de vida pregressa e investigação social – de caráter eliminatório 
  3. Avaliação de títulos

Segunda etapa

  1. Curso de Formação Profissional – de caráter eliminatório e classificatório

A prova objetiva

O concurso de 2013 exigiu do candidato habilidades e conhecimentos nas seguintes disciplinas:

Bloco de conhecimentos básicos – ao todo 50 itens

Língua Portuguesa

Raciocínio Lógico

Atualidades

Noções de informática

Noções de administração

Noções de estatística

Bloco de conhecimentos específicos – ao todo 70 itens

Noções de Direito Constitucional

Noções de Direito Administrativo

Noções de Direito Penal

Noções de Direito Processual Penal

Legislação Penal Extravagante

Legislação Específica

Análise da prova de 2013

Bloco de conhecimentos comuns

Língua portuguesa – Foram destinados 14 itens ao todo para disciplina, quase 12% do total da prova. Isso reafirma o que já sabíamos, um bom desempenho nessa disciplina será  fundamental para sua aprovação

Raciocínio Lógico – Foram ao todo 4 itens, cerca de 3,33% do total de itens. As questões cobradas foram basicamente lógica de proposições.

Atualidades – A grande maioria dos concursos policiais já não cobram mais essa disciplina. Uma dica: deixe para estudá-la num pós-edital. Na prova de 2013, foram destinados 5 itens para disciplina, menos de 5% da prova.

Noções de informática – Foram ao todo 5 itens dedicados a essa disciplina. Vale ressaltar que essa matéria ganhou bastante relevância nos concursos policiais, portanto, faça um estudo diligente. Ok?!?!

Noções de Administração – Foram ao todo 14 itens dedicados à disciplina. Veja são mais de 10% da prova. Aplica-se ao estudo dessa matéria, numa lógica de certo ou errado, 14 itens assumem muita importância.

Noções de Estatística – Ficou com 5% da prova, ou seja, 6 itens.

Bloco de conhecimentos específicos

Noções de Direito Constitucional – Foram 15 itens ao todo (12,50% da prova).

Noções de Direito Administrativo – Foram 17 itens ao todo (14,17% da prova).

Noções de Direito Penal – Foram 12 itens ao todo (10% da prova).

Noções de Direito Processual Penal – Foram 7 itens ao todo (5,83% da prova).

Legislação Penal Extravagante – Foram 13 itens ao todo (10,83% da prova)

Legislação específica – Foram  8 itens ao todo (6,66% da prova)

Pessoal, nossa intenção foi demonstrar a análise da última prova de escrivão da PCDF, isso não significa que a próxima prova será igual a anterior, porém nos aponta um padrão que será importante para traçarmos nossa estratégia de estudos.

De fato, o que poderá garantir sua aprovação na PCDF será um planejamento bem feito, específico, focado e ajustado. Não há tempo disponível para tentativas! Se você não fizer um excelente planejamento, não será alcançará um bom desempenho.

Se você pretende fazer esse concurso, ter o acompanhamento de um consultor de estudos fará toda diferença. Imagine receber metas de estudos focadas na sua aprovação, selecionando o que você deverá estudar, com otimização do tempo.

Portanto, agende uma entrevista agora comigo. Clique no link abaixo e siga as orientações.

Um grande abraço.

Leia mais:

Como fazer a migração para PRF após a prova da Polícia Federal?