Central de Notícias

ARTIGOS

Presencial, livro, PDF ou vídeo-aula?

05/10/2017 - Eduardo Frambach

Este artigo vem no intuito de tentar dirimir uma dúvida recorrente entre os alunos: qual o melhor formato de material para se estudar para concurso?

É óbvio que não há uma resposta una e simples, a qual vá se aplicar a todos. Não há um gabarito para essa pergunta. Entretanto, a experiência nos mostra o que mais dá certo nos tempos atuais e é isso que quero passar neste artigo.

Costumo dividir o estudo para concursos, grosseiramente, em 3 momentos:

1º) Até meados dos anos 2000 (2002/2003): nessa época, existiam poucos cursos presenciais, com poucos professores se dedicando a esse mercado. Então, a regra era estudar por livros acadêmicos, os quais não tinham nenhum foco em concursos públicos específicos.

2º) Entre 2004 e 2010: nessa época, os cursos presenciais se firmaram e passaram a dominar o mercado, principalmente nos grandes centros (RJ/SP). Paralelamente, surgiram editoras especializadas em livros para concursos públicos. Inclusive havia a famosa feira do concurso, onde muitas livrarias exibiam suas obras, com bons descontos aos concurseiros. Já existiam alguns cursos online, mas com pouco alcance neste mercado.

3º) Após 2010: os cursos online (vídeo e PDFs, principalmente) vieram com força. As editoras voltadas para esse ramo, bem como os cursos presenciais, diminuíram muito por conta disso. Inclusive, acabaram fechando as portas.

O fato é que, atualmente, os cursos online dominam amplamente o mercado do concurso público. E vários fatores contribuíram para eles se consolidarem frente aos cursos presenciais. Cito alguns:

  • Não se perde tempo com deslocamento (ida e volta para o curso presencial).
  • Boa quantidade de cursos online, o que aumenta a competitividade e, por consequência, a qualidade do material. É claro que deve se fazer uma criteriosa pesquisa antes da compra.
  • Universalização do estudo. Os concurseiros que moram nos rincões do país, desde que possuam internet, conseguem se preparar da mesma forma que os que moram nos grandes centros urbanos. Algo impensável há um tempo atrás.
  • Materiais feitos para concursos específicos, com teoria focada no último edital e exercícios só daquela banca organizadora.
  • Pode-se mesclar os materiais, comprando um de cada curso, escolhendo o melhor material, o professor que mais se identifica, etc.
  • Fórum de dúvidas onde o aluno consegue tirar dúvidas diretamente com o professor, no momento que ele quiser.
  • Pode-se levar o material para estudar em qualquer lugar(casa, biblioteca, metrô…).

Feitas essas primeiras considerações, vamos ao cerne do artigo:

1) Quando é interessante estudar por vídeo-aula?

Quando o aluno possui grande dificuldade na disciplina. Ou então em matérias onde seja necessária uma interação maior com o professor, para que o estudo fique mais “concreto”, “palpável”.

Bom custo-benefício: Exatas, quando o aluno possui dificuldades; Língua portuguesa; Contabilidade; Informática.

Custo-benefício ruim: ramos do direito (Constitucional, Administrativo, Civil, Empresarial e etc).

shutterstock_517415605

2) Quando é interessante estudar por livro?

Quando é importante que o aluno domine aquela disciplina para o seu concurso foco. Isso porque a tendência é que um livro aborde com muito mais profundidade aquela disciplina do que um PDF ou vídeo-aula. Também é indicado quando não temos um bom material em PDF ou vídeo disponível no mercado.

Bom custo-benefício: Direito Tributário, quando seu foco é área fiscal.

Custo-benefício ruim: Direito Civil, quando seu foco é área fiscal. Isso porque, em regra, temos muitos volumes para exaurir a disciplina e o peso da mesma é muito pequeno nesta área.

shutterstock_397576393-1

3) Quando é interessante fazer um curso presencial?

Bom, atualmente, a esmagadora maioria dos aprovados nos concursos de maior envergadura, exceto área jurídica, não fizeram cursos presenciais. Justamente pelos fatores que já citei acima.

Sendo assim, o curso presencial, em regra, não possui um bom custo-benefício. Aqueles pacotões que dominavam o mercado de outrora, tipo “básico fiscal”, “básico Receita Federal” e etc, não possuem mais o mesmo custo-benefício.

Entendo que em apenas 2 casos bem específicos o curso presencial ainda seja aconselhável:

  • Quando o aluno já tentou de todas as formas (PDF, Livro, vídeo) aprender a matéria e nada deu certo.
  • Após sair o edital do concurso que você deseja (Ex: ICMS/SP), o professor mais renomado de uma disciplina bem específica (Ex: Leg. ICMS/SP – prof. José Luis da Rosa) irá ministrar um curso presencial da matéria na sua cidade.

shutterstock_439214011

4) Quando é interessante estudar por PDF?

Sem dúvidas, atualmente, é o tipo de material mais indicado e com melhor custo- benefício de uma forma geral. Por ele você estuda na sua velocidade, podendo ir mais rápido em uma parte e mais devagar em outra.

Além disso, temos materiais específicos e focados na maioria dos grandes concursos. Dessa forma, o aluno já consegue estudar apenas a teoria cobrada no último edital, montar seu resumo no próprio PDF, bem como fazer as questões apenas da banca organizadora daquele concurso, caso tenha seu foco bem definido.

Por fim, temos uma gama muito grande de PDFs de boa qualidade disponíveis no mercado. Entretanto, tenha muito cuidado! Por conta disso, também temos materiais não tão bons – ou até mesmo muito ruins -, o que faz com que uma pesquisa criteriosa antes de adquiri-los seja primordial. Talvez adquirir um “pacotão” com um melhor preço não seja a melhor coisa a se fazer. E na maior parte das vezes realmente não o é. Ali dentro podem existir materiais muito bons, mas outros muito ruins, que são empurrados na tal “promoção”. Ou seja, é aquele famoso “barato que sai caro”.

shutterstock_268450487

Então, depois de todas essas considerações, o veredito é o seguinte: caso a disciplina não se enquadre nos casos 1, 2 e 3, dê preferência ao PDF sem medo de ser feliz!

Bom, espero ter ajudado! Leia também meu artigo “Concurseiro amador X Concurseiro Profissional”

Se tiver algum assunto que gostaria de ver por aqui, pode mandar direct no meu Instagram ou e-mail (eduardoframbach@lsconcursos.com.br) que responderei com o maior prazer.

Clique a seguir e siga-me no Instagram: