Central de Notícias

ARTIGOS

TCU – Auditor Federal de Controle Externo

30/08/2019 - Marco Antonio Cupello

Olá, pessoal, tudo bem?

Aqui é o Marco Cupello, consultor da LS Concursos, Fiscal do ISS Rio e ex-Auditor Federal de Controle Externo do TCU.

Neste breve artigo, vou passar algumas particularidades acerca do trabalho exercido pelo Auditor Federal de Controle Externo do TCU (AUFC).

Primeiramente, devemos pontuar que o TCU é integrado por 9 (nove) Ministros. Os  Ministros são as autoridades que detém o poder de decisão na Corte de Contas. Diria que a natureza do cargo de Ministro é política.

Os Auditores Federais de Controle Externo (AUFC) pertencem ao quadro de pessoal da Secretaria do TCU. Trata-se de cargo de natureza eminentemente técnica, provido por meio de concurso público.

À Secretaria do TCU incumbe a prestação de apoio técnico e a execução dos serviços administrativos da Corte de Contas. Ou seja, a Secretaria é o órgão técnico do TCU, responsável, dentre outros, pela execução das auditorias e pela análise dos processos de contas. Quem, na ponta, realiza tais atividades são os Auditores Federais de Controle Externo (AUFC).

O AUFC tem a possibilidade de trabalhar com as mais diversas áreas de conhecimento dentro do Tribunal. Para cada auditoria a ser realizada o auditor precisa se preparar com diligência e zelo relativamente aos assuntos objeto da fiscalização. Citando alguns exemplos, o TCU, por meio de seus auditores, fiscaliza os ministérios, as universidades e hospitais federais, conselhos profissionais, obras públicas, setor financeiro e bancário, meio ambiente, educação, pesquisa e desenvolvimento, Petrobras, BNDES, Receita Federal, órgãos do Poder Judiciário etc.

As auditorias, em regra, são executadas por equipes de 2 a 3 auditores designados para tal fim. Dificilmente o auditor realiza uma auditoria sozinho, face a complexidade do trabalho. Quando do encerramento da fiscalização, a equipe de auditores elabora um relatório, propondo, ao final, as medidas que entende adequadas. Esse relatório, instruído com todos os documentos necessários e meios de prova, é direcionado ao Ministro-Relator, o qual, em última instância, elabora seu voto para fins de julgamento do caso concreto nas turmas e/ou no plenário do TCU.

Em termos de treinamento profissional, aos auditores são constantemente indicados cursos de capacitação oferecidos pelo TCU. Eu mesmo, durante os quase 4 anos que trabalhei no TCU, tive a oportunidade de fazer vários cursos, dentre os quais uma pós-graduação em auditoria de obras públicas, oferecida pelo Tribunal em parceria com a Universidade de Brasília (Unb).

Os auditores também têm a oportunidade de participar de eventos internacionais como palestrantes ou ouvintes, tendo em vista que o TCU faz parte de organizações internacionais (Intosai e Olacefs) e possui convênio com entidades como OCDE, Banco Mundial e BID.

Bom, vou parar por aqui. Já deu para dar um gostinho de como é o trabalho no Tribunal de Contas da União. Em outros artigos poderei trazer outras informações interessantes sobre o TCU e demais Tribunais de Contas. Acho que já deu para perceber que o cargo de Auditor Federal de Controle Externo do TCU é excelente, não é mesmo?!!!

Acesse o site do TCU e navegue pelas informações lá disponibilizadas. Tenho certeza de que vai gostar: https://portal.tcu.gov.br/inicio/

O próximo concurso do TCU está previsto para 2020. Ainda há tempo de iniciar sua preparação com a LS Concursos. Com a ajuda da consultoria pioneira do mercado você poderá otimizar seu tempo de estudo e brigar por uma vaga no próximo concurso do Tribunal!!! Tá esperando o quê? Bora estudar!

Querendo trocar mais algumas ideias, agende uma entrevista comigo pelo link: http://bit.ly/2zDFAWC

Grande abraço e sucesso a todos!!!!

Marco Cupello

Consultor da LS