Central de Notícias

ARTIGOS

Você conhece o Instituto AOCP?

05/02/2019 - Roberto Wanderley

Olá, pessoal. Tudo bem?

Passada a prova da PRF, iniciamos hoje nosso planejamento pós-edital para o cargo de Investigador da Polícia Civil do Espírito Santo (pós-PRF). Mais uma excelente oportunidade para aqueles que desejam ingressar na carreira policial. Acredito que será um concurso concorrido, uma vez que vem na esteira da PRF e PF, muitos candidatos desses certames farão aquele. Portanto, é preciso alguma vantagem competitiva. Certo? Conhecer a banca é uma delas.

Você conhece o Instituto AOCP? Sabe quais as matérias de maior relevância para essa banca? Quer aprender um maneira eficiente de estudar para quebrar a banca? Sabe os tipos de questões que ela monta?

Primeiro, vamos abordar matéria por matéria, mostrando dentro de cada disciplina quais os assuntos mais cobrados. Em seguida, faremos uma breve análise das questões, como são construídas, que tipo de conhecimento exige do candidato. Por fim, indicaremos forma que acreditamos ser a mais eficiente para estudar para essa banca.

Atenção – esclarecemos que nosso levantamento foi feito a partir dos assuntos que constam no edital.

Análise das disciplinas

1. LÍNGUA PORTUGUESA
Os assuntos mais cobrados pela banca são os seguintes:
1 – Morfologia: classes de palavras variáveis e invariáveis e seus empregos no texto – Foram ao todo 88 questões que representam mais de 17% do total de questões analisadas;
2 – Compreensão e interpretação de texto – Foram ao todo 78 questões que representam mais de 15% do total de questões analisadas;
3 – Semântica – Foram ao todo 43 questões que representam mais 9% do total de questões analisadas
4 – Sintaxe: relações sintático-semânticas estabelecidas na oração e entre orações, períodos ou parágrafos (período simples e período composto por coordenação e subordinação) – Foram ao todo 39 questões que representam mais 7% do total de questões analisadas
5 – Tipologia e gêneros textuais – Foram ao todo 25 questões que representam mais 4% do total de questões analisadas
6 – Tipologia e gêneros textuais – Foram ao todo 25 questões que representam mais 4% do total de questões analisadas
7 – Coerência. Coesão (Anáfora, Catáfora, Uso dos Conectores – Pronomes relativos, Conjunções etc) – Foram ao todo 25 questões que representam mais 4% do total de questões analisadas
8 – Regência verbal e nominal – Foram ao todo 24 questões que representam mais 4% do total de questões analisadas
9 – Concordância verbal e nominal – Foram ao todo 23 questões que representam mais 4% do total de questões analisadas
10 – Concordância (Verbal e Nominal) – Foram ao todo 17 questões que representaram mais de 3%do total de questões analisadas

2. RACIOCÍNIO LÓGICO
1 – Equivalência lógica – Foram ao todo 22 questões que representaram mais de 37% do total de questões analisadas
2 – Argumentos: validade de um argumento – Foram ao todo 11 questões que representaram mais de 18% do total de questões analisadas
3 – Associação de informações – Foram ao todo 7 questões que representaram mais de 12% do total de questões analisadas
4 – Proposições: definição, reconhecimento, princípios lógicos – Foram ao todo 5 questões que representaram mais de 8% do total de questões analisadas
5 – Tabela-verdade – Foram ao todo 5 questões que representaram mais de 8% do total de questões analisadas

3. DIREITO CONSTITUCIONAL
1 – Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos – Foram ao todo 39 questões que representaram mais de 18% do total de questões analisadas
2 – Da Administração Pública – Foram ao todo 27 questões que representaram mais de 12% do total de questões analisadas
3 – Da Organização dos Poderes – Foram ao todo 20 questões que representaram mais de 9% do total de questões analisadas
4 – Defesa do Estado e das Instituições Democráticas – Foram ao todo 17 questões que representaram mais de 7% do total de questões analisadas
5 – Dos direitos sociais – Foram ao todo 13 questões que representaram mais de 6% do total de questões analisadas
6 – Da Organização do Estado – Foram ao todo 12 questões que representaram mais de 6% do total de questões analisadas
7 – Dos princípios fundamentais da Constituição – Foram ao todo 7 questões que representaram mais de 3% do total de questões analisadas

4. DIREITO ADMINISTRATIVO
1 – Agentes Públicos – Foram ao todo 59 questões que representaram mais de 28% do total de questões analisadas
2 – Atos administrativos – Foram ao todo 22 questões que representaram mais de 10% do total de questões analisadas
3 – Organização Administrativa – Foram ao todo 20 questões que representaram mais de 10% do total de questões analisadas
4 – Serviços Públicos – Foram ao todo 15 questões que representaram mais de 7% do total de questões analisadas
5 – Poderes e Deveres da Administração – Foram ao todo 15 questões que representaram mais de 7% do total de questões analisadas

5. DIREITO PENAL
1 – Dos crimes contra a Pessoa – Foram ao todo 7 questões que representaram mais de 29% do total de questões analisadas
2 – Dos Crimes Contra o Patrimônio – Foram ao todo 6 questões que representaram mais de 25% do total de questões analisadas
3 – Teoria do Crime – Foram ao todo 6 questões que representaram mais de 20% do total de questões analisadas
4 – Dos Crimes contra a Administração Pública – Foram ao todo 4 questões que representaram mais de 16% do total de questões analisadas

6. DIREITO PROCESSUAL PENAL
1 – Inquérito Policial – Foram ao todo 6 questões que representaram mais de 24% do total de questões analisadas
2 – Competência Processual Penal – Foram ao todo 5 questões que representaram mais de 20% do total de questões analisadas
3 – Da Prova – Foram ao todo 5 questões que representaram mais de 20% do total de questões analisadas
4 – Da Prisão – Foram ao todo 4 questões que representaram mais de 16% do total de questões analisadas
5 – Ação Penal – Foram ao todo 4 questões que representaram mais de 16% do total de questões analisadas

Bem, com essas informações em mãos, fica bem mais fácil entender a banca e traçar uma estratégia matadora!

Os “direitos” respondem por 75% da prova de Investigador. Direito Administrativo, Penal e Processual Penal com 20 questões cada e Constitucional com 15. Fica claro onde você deverá focar. Utilize nosso levantamento para direcionar seus estudos, sem esquecer, porém, dos assuntos não tão cobrados, mas que são objeto de avaliação. Lembre-se do básico: leitura da legislação seca! Essa é ainda a melhor forma de pontuar em provas da área policial.

Em Língua Portuguesa, tome cuidado para não perder muito tempo com a leitura dos textos que acompanham as questões, algumas questões é possível responder sem a necessidade da leitura. Como são poucas, sugiro uma visualizada rápida de todas as questões, isso ajudará você decidir em quais serão necessárias a leitura do texto.

Para Raciocínio Lógico, utilize nosso levantamento para decidir em que focar, caso você tenha dificuldade nessa disciplina. De outro modo, a melhor maneira de estudar é fazendo exercícios.

De fato, o que poderá garantir sua aprovação para o cargo de Investigador da PC/ES será um planejamento bem feito, específico, focado e ajustado. Não há tempo disponível para tentativas! Se você não fizer um excelente planejamento, não será alcançará um bom desempenho.

Se você pretende fazer esse concurso, ter o acompanhamento de um consultor de estudos fará toda diferença. Imagine receber metas de estudos focadas na sua aprovação, selecionando o que você deverá estudar, com otimização do tempo.

Portanto, agende uma entrevista agora comigo. Clique no link abaixo e siga as orientações.

Um grande abraço e sucesso!