Central de Notícias

ARTIGOS

CONCURSO DA POLÍCIA FEDERAL – PF

10/08/2016 - Helder Moura

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL (PF) – CONHEÇA A INSTITUIÇÃO E OS CARGOS POLICIAIS.

O concurso Polícia Federal é um dos mais aguardados por quem estuda para carreira policial. O CESPE foi a banca responsável pela realização dos concursos anteriores e a tendência é que continue. Muitos que iniciam a rotina de estudos para área policial despertam o interesse para o concurso Polícia Federal, entretanto, é necessário saber como é a divisão de cargos nessa instituição, pois há mais de uma opção para ingressar nos quadros da Policial Federal.

Para quem não sabe, sou o prof. Helder Moura, Agente de Polícia Federal e atualmente estou vinculado à Superintendência da P.F no Estado do Amazonas. Vamos falar sobre a estrutura da PF e quais são os cargos da carreira policial federal, bem como suas remunerações, e os últimos concursos, e também o tão esperado próximo concurso!

A Polícia Federal faz parte do Ministério da Justiça e tem ampliado a sua visibilidade em razão da Operação Lava Jato, na medida em que suas investigações, juntamente ao Ministério Público Federal, estão dando uma resposta aos cidadãos brasileiros que há muito tempo esperavam ações contra a corrupção. Mas a instituição não combate apenas aos crimes do colarinho branco. A Polícia Federal também exerce as funções de polícia aeroportuária, de fronteiras e marítima. Além de atuar contra os crimes de tráfico de drogas e de pessoas, trabalho escravo, exploração sexual e crimes ambientais. Exerce ainda algumas funções de natureza regulatória quando fiscaliza o comércio de produtos químicos e autoriza o porte de armas.

Créditos: http://www.pf.gov.br/anp/institucional/historia/

No concurso Polícia Federal você pode concorrer aos seguintes cargos: Delegado, Perito, Agente, Escrivão e Papiloscopista (nível superior). O cargo de Delegado exige formação específica em Direito e três anos de práticas jurídicas ou atividade policial, já o concurso de Perito a formação exigida é de acordo com a especialização do cargo. A remuneração para ambos cargos é um subsídio inicial de R$ 16.830,85, e auxílio-alimentação de R$ 458,00, com jornada de 40 horas semanais. Para os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista exige-se formação em qualquer curso nível superior e o subsídio inicial é de R$ 8.702,20, mais auxílio alimentação de R$ 458,00, com jornada de 40 horas semanais.

CONCURSOS ANTERIORES

No concurso Polícia Federal, para todos os cargos dessa carreira, há provas objetivas e discursivas, testes de aptidões físicas, exames médicos, avaliações psicológicas e curso de formação, além de análise de títulos para os cargos de Delegado e Perito.

O concurso mais recente para o cargo de Agente de Polícia Federal foi realizado em 2014. (Veja aqui). Ao todo foram 600 vagas e foi registrado um total de 98.101 inscrições, com concorrência média de 163,50 candidatos por vaga. As cotas para negros receberam (30 vagas) e houve 831 inscritos. Foram, também, disponibilizadas 120 vagas para pessoas com deficiência, com 21.482 inscritos. O certame foi o primeiro da Polícia Federal com vagas reservadas para negros.

O último concurso para o cargo de Escrivão da Polícia Federal foi realizado em 2013. (Veja aqui). Foram (350 vagas) para 83.619 inscritos e a concorrência média foi de 239 candidatos por vaga.

O último concurso para o cargo de Papiloscopista foi realizado em 2012. (Veja aqui). Foram 11.285 inscritos disputando (100 vagas) e a concorrência média foi de 113 candidatos por vaga.

Em 2013 houve o concurso para os cargos de Delegado e Perito Federais. Para Delegado foram 46.633 inscritos, que disputaram (150 vagas), com uma concorrência média de 311 candidatos por vaga. (Veja aqui). Para o cargo de Perito foram cerca de 35.000 inscritos para um total de 140 vagas distribuídas por 13 áreas de atuação e a concorrência média foi de 358 candidatos por vaga. (Veja aqui). As maiores demandas foram para as áreas 8 (Biomedicina ou Ciências Biológicas; 04 vagas) e 13 (Engenharia Elétrica; 01 vaga), com 1.318,25 e 1.306 candidatos por vaga, respectivamente. As disputas menos acirradas foram pelas vagas da área 5 (05 vagas) e 9 (10 vagas). Foram 124,20 candidatos por vaga na primeira (Geologia) e 144,10 na segunda (Engenharia Florestal).

PRÓXIMO CONCURSO

O decreto 8.326, publicado em 10 de outubro de 2014, possibilita a realização de concurso Polícia Federal sem a necessidade de autorização por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), podendo ocorrer assim que constatada a necessidade de pelo menos 5% do total de servidores. É necessário, entretanto, que seja enviado um documento ao MPOG, a fim de consultar as condições orçamentárias. Todos os cursos de Formações Policiais da PF são realizados em Brasília na Academia Nacional de Polícia.

Esse procedimento já foi realizado em 2015, quando foi constatada a necessidade de realizar um novo concurso para os cargos de Delegado, Perito e Escrivão Federais. Segundo os responsáveis pelo setor de recursos humanos do órgão há uma expectativa para preenchimento de mais de (1.000 vagas), sendo 67 para peritos, 450 para escrivães e 491 para delegados.

Possivelmente o edital para esse concurso seja lançado ainda em 2016, ou no início de 2017. Para os cargos de Agente e Papiloscopista acredita-se que saia o edital no final de 2017 ou no início de 2018.

PREPARE-SE COM ANTECEDÊNCIA E PLANEJAMENTO

A atividade Policial Federal é muito dinâmica e isso traz satisfação no que se faz, além de conquistar estabilidade com uma boa remuneração, todos esses atrativos chamam a atenção de vários concurseiros e o nível da concorrência sobe.

É necessário que você saia na frente e já se prepare para conquistar a sua vaga no concurso da Polícia Federal. Isso deve ser feito com organização e bons métodos de estudo.

O LS Sistema de Ensino oferece consultoria de estudo que já ajudou milhares de concurseiros e poderá ajudar você a encurtar o caminho até a aprovação! Conheça nossos planejamentos e prepare-se adequadamente.

Contem conosco!