NOSSA EQUIPE

José Maria Rodrigues Junior

• Fiscal de Rendas do Município do Rio de Janeiro (ISS/RJ), concurso de 2002;
• Aprovado e classificado no concurso do Banco Central do Brasil (BACEN) em 1998;
• Aprovado e classificado no concurso de Analista de Planejamento e Orçamento do Município do Rio de Janeiro (APO) em 1997;
• Pós-graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Gama Filho (UGF);
• Bacharel em Direito formado pela Universidade do estado do Rio de Janeiro (UERJ);
• MBA em Direito Econômico e Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV);
• Engenheiro formado pela Universidade do estado do Rio de Janeiro (UERJ);

Alô Amigo(a) concurseiro(a), futuro(a) colega!
Meu nome é José Maria Rodrigues Junior, sou formado em Engenharia e Direito ambos os cursos pela UERJ e, após ter passado por algumas carreiras publicas, hoje exerço a de Fiscal de Rendas do Município do Rio de Janeiro.
Comecei a estudar em 1995, quando fiquei cansado de trabalhar muito e ganhar pouco na engenharia. Nessa época, estavam escassos os concursos públicos para Auditor Fiscal/ Fiscal de Rendas, que eram os que me interessavam. Havia uma massa enorme de candidatos e pouquíssimos concursos, o que os tornava muito difíceis. Mesmo assim, encarei.
Sem muita estratégia, matriculei-me em alguns cursos presenciais (Online, nesse ano, nem existiam).
Confesso que durante dois anos sofri um bocado, pois ao contrário de você, que pode contar com uma orientação de estudos especializada como a LS Concursos, eu não tinha o caminho das pedras. Não sabia onde estudar, não conhecia os melhores cursos nem os melhores professores, foi tudo na base da tentativa e erro, mais errando do que acertando. Gastando rios de dinheiro (que me era bem escasso à epoca) comprando materiais inadequados e perdendo tempo com cursos improdutivos. No entanto, tudo isso me ajudou a construir um enorme senso crítico de o que serve e o que não serve para o estudo, onde atacar primeiro e o mais importante, a melhor forma de estudar.
Graças a isso, obtive êxito em meu primeiro concurso em 1997, como Analista de Planejamento e Orçamento do Município do Rio de Janeiro. Não estava satisfeito, como tinha adiquirido boa metodologia para estudar, continuei.
No ano seguinte, classifiquei-me para Analista do Banco Central do Brasil, um dos concursos que considero mais difíceis atualmente (fora os da área jurídica, é claro). Consegui, pela minha classificação, tomar posse no Rio de Janeiro. Depois, resolvi estudar direito, pois havia me apaixonado pelas matérias. Prestei vestibular para a UERJ em 2002, onde me formei no fim de 2006 (fui aprovado na OAB em 2007).
Ainda em 2002, surgiu o primeiro concurso para Fiscal de Rendas do Município do Rio de Janeiro em 10 anos, resolvi encarar. Não preciso nem dizer que foi briga de foice.
Consegui me classificar e é aqui que trabalho até hoje, satisfeito.
Com toda a minha experiência em concursos, sinto-me honrado em fazer parte da LS Concursos que, com seriedade e metodologia, vai te ajudar a não cometer os mesmos erros que eu e a maioria dos concurseiros sem o apoio técnico especializado cometemos. Poupando muito de seu tempo e dinheiro.
Caro futuro colega de trabalho, seja bem-vindo a estudar conosco, isso com certeza vai mudar sua vida.

Clique a seguir e siga-me no Instagram: