Carla Tiemi

Aluna aprovada em 1° lugar ICMS-SC

Oi, pessoal!! Meu nome é Carla, tenho 37 anos e me formei em Engenharia de Produção pela USP em 2004. Minha estória como concurseira se iniciou no final de 2014. Trabalhava em instituição financeira há 10 anos, tinha um bom cargo (era supervisora da área de Planejamento), com ótimos gestores… Mas decidi que estava na hora de mudar o rumo!!!! O que eu mais ouvi quando tomei essa decisão foi: “Você está louca?”, “Pra que se aventurar se você está bem?”… Acho que só minha família conseguia me entender, pois só eles sabiam que meu sonho era um dia ser Auditora Fiscal. E sonho, é sonho!! Temos que correr atrás para realizá-lo!!!

Meu ritmo de trabalho no banco era muito intenso, não tinha hora pra chegar em casa. Então, ponderei e concluí que, para me dedicar aos estudos como gostaria, seria melhor pedir demissão. Tirei um período sabático, viajei e, em seguida, iniciei um novo projeto de vida, com uma nova profissão: concurseira.

Na época, achava que o concurso da RFB sairia em 1,5 a 2 anos. Como queria chegar muito forte para a prova e não conhecia absolutamente nada do mundo dos concursos, iniciei, por indicação de uma colega, a consultoria com a LS. Foi uma decisão muito certa, pois não precisei me preocupar com planejamento e materiais. A metodologia com metas enviadas semanalmente me ajudava a manter o ritmo nos estudos!

O problema é que o concurso não veio no período que eu esperava. Terminei todas as metas do ciclo básico e avançado da LS e nada da prova!! Portanto, saí da LS em meados de 2016 e, desse dia até meados de 2017 foi só ladeira abaixo (rsrs). Não tinha mais disciplina! Fazia de tudo, menos estudar!! No fundo, eu sabia que, se continuasse assim, nunca passaria em um concurso.

Com muito sacrifício retomei os estudos, mas continuava focada na RFB. Devido à falta de previsão desse concurso já estava me acomodando novamente. Por sorte, começaram a sair bons editais para a área fiscal. Foi quando saiu o da Sefaz SC e eu resolvi virar a página RFB e entrar de cabeça no pós edital de SC!! Voltei a estudar com um ritmo mais intenso (uma média de 45h/ semana) e, graças a DEUS, tudo deu certo e a prova brilhou pra mim!!! Fiz 92% e fiquei em 1⁰.   

Antes do ICMS SC, prestei o concurso para ISS Niterói em 2015. Foi um bom treino e um bom parâmetro para ver como eu estava em relação aos demais. Fiz 79% e fiquei em 143⁰. Em 2017, com medo da notícia do teto do governo federal, resolvi prestar ISS Criciúma. Fiz 92% e fiquei em 40⁰ (havia somente 3 vagas).

Confesso que essa caminhada foi mais difícil do que eu planejava… Nunca poderia imaginar que teria o azar de resolver estudar bem na época de uma das piores crises de concursos para a área fiscal!! Lidar com o emocional foi a minha maior dificuldade! Manter a disciplina e o ritmo de estudos quando não se tem expectativa de edital é um grande desafio.

Algumas pessoas me pedem dicas para a aprovação… Digo que não existe uma receita de bolo! Mas duas palavras resumem bem aquilo que você sempre deve ter em mente:

  • No lado emocional: PERSISTÊNCIA! Mesmo aos “trancos e barrancos”, continue estudando! Estudar é a única coisa que está sob nosso controle, o resto virá no momento certo!!
  • No lado racional: ESTRATÉGIA! Ao estudar, seja muito objetivo, vá direto ao ponto!! Para saber como e o quanto estudar, sempre considere 3 aspectos: você (o qto vc domina a matéria); a banca/ edital (o peso da matéria na prova e como a banca cobra); e seus concorrentes (nunca se esqueça deles!! É importante saber o qto eles tbém estão dominando a matéria)   

Enfim, essa foi minha trajetória!

Agradeço à LS e especialmente ao meu consultor Fabrício Massena pela paciência e conselhos!!

Minha parceria com a LS ocorreu no que eu chamo de 1⁰ fase da minha trajetória (set/14 a jun/16), mas contribuiu muito para que eu formasse uma base sólida e, consequentemente, a aprovação.

PS: Sei que muita gente gosta de saber a lista dos materiais utilizados. Em breve, disponibilizarei o depoimento completo com essa lista!