Lígia Silveira Tabosa

Aprovada em 1º lugar na Câmara de Itanhem e Câmara de Guarujá (2018)

Olá, pessoal! É com muita alegria que tentarei descrever resumidamente a minha longa caminhada como concurseira rs.

Meu nome é Lígia Silveira Tabosa, tenho 28 anos e sou formada em Administração de Empresas. Sou do Guarujá, mas moro há quase 6 anos em São José dos Campos, desde quando casei.

Sempre tive “uma queda” pela área pública, talvez em razão do meu pai ser concursado, mas quase todas as vezes que tentava estudar, fazia por métodos ineficazes. Fiz alguns cursos presenciais, comprei apostilas em bancas de jornal, prestei concursos sem ler edital… Tinha vontade e disciplina, porém não era o suficiente. Prestei muitos concursos pequenos pela região e até consegui passar em alguns, mas, quando fui nomeada, preferi ficar na empresa que estava trabalhando.

Trabalhei nessa empresa, um banco privado, durante 5 anos. Foi meu único trabalho registrado e me fez ter motivos de sobra para voltar a estudar para concursos rs. Para não usar uns 8 parágrafos falando mal de bancos, posso dizer que nada acontece por acaso e esse período foi necessário e decisivo em minha vida. Tive a oportunidade de descobrir o que realmente queria (precisava) para o futuro e, graças ao apoio gigantesco do meu esposo, pedi demissão e pude “somente” estudar.

Já que burrice pouca é bobagem… lá estava eu, novamente, em um cursinho telepresencial rsrsrs. Só que dessa vez, graças a um grande amigo e incentivador que me apresentou a LS, a burrada durou pouco tempo, pois comecei a estudar de verdade pela consultoria.

Foram 3 anos e meio de muita dedicação, renúncias, fraqueza, incerteza. Só quem passa por isso sabe, de fato, o peso carregado nos ombros diariamente.

Durante o processo de preparação com a LS, fiz algumas provas para área fiscal e de controle: ISS Niterói/RJ (1.400º lugar), ISS Teresina/PI (34º lugar), ISS Criciúma/SC (42º lugar), Agente de Fiscalização/TCE (8º lugar para Santos), Controlador Interno/Câmara de Itanhaém (1º lugar) e Agente Legislativo/Câmara do Guarujá (empatada em 1º lugar com um rapaz). A melhora do rendimento em cada concurso era muito nítida e mostrava que eu estava no caminho certo, do jeito certo.

As aprovações dentro do número de vagas do edital vieram para Itanhaém e para o Guarujá. Digo que foi um presente divino, pois voltar para a minha cidade era uma vontade muito grande fazia tempo. O concurso para o cargo agente legislativo foi extremamente concorrido (9.517 inscritos para 9 vagas), e eu estava com muito medo da prova. Conseguir essa aprovação foi uma surpresa maravilhosa! Comemorarei essa conquista por toda minha vida com um carinho todo especial, porque meu pai é aposentado pelo mesmo órgão e, na época, entrou, exatamente, pelo mesmo cargo, aprovado em 2º lugar.

Apesar de ter iniciado a caminhada com foco na área fiscal, mais especificamente para Receita Federal, como a maioria, com o tempo percebi que havia outras possibilidades e que a chance de morar em qualquer lugar do país era grande. Essa ideia não estava sendo mais muito bem-vinda por mim e meu esposo, pois a distância da família não compensaria, para nós, qualquer excelente cargo em outro estado. Por isso, quando saiu o edital da Câmara do Guarujá, coloquei tudo que podia e não podia nele. Foi o concurso para o qual eu mais estudei, encarei como a oportunidade da vida, mesmo sem nunca antes ter imaginado estudar para lá.

Em relação aos estudos em geral, como tentei descrever, demorei muito até encontrar a forma correta de estudar. A LS foi a peça fundamental deste quebra-cabeça. Eu seguia as metas semanais, muitas vezes, antecipadas, e conforme evoluía nos estudos, adaptava o jeito de estudar, que é muito particular. Comecei fazendo resumos, mas depois percebi que “gastava” muito tempo. O que achei interessante e me ajudou, foi gravar explicações em áudio de conteúdos mais complexos. Era como se eu tivesse explicando para alguém… daí ouvia na academia e enquanto fazia as atividades domésticas. Também colei resumos nas paredes do apartamento, acho que fiz de tudo um pouco. Era o dia inteiro direcionado aos estudos, casa, marido e fazia exercício físico 2x por semana. Rotina “braba”.

Agradeço sempre a Deus pela oportunidade de alcançar esse objetivo. Existem, também, muitas pessoas que fizeram toda diferença nesse período. Não é fácil citar nomes, mas de alguns, faço questão, pois sou e serei grata eternamente: meu marido, Well, que nunca duvidou da minha dedicação, fez questão de me acompanhar em todas as provas, abdicou de muitos lazeres por mim e sempre tinha as melhores palavras de apoio nos momentos mais difíceis, a quem, inclusive, estou devendo muitos “vales-surf” rsrs; o Frajolinha, meu pequeno gato, que conseguiu deixar meus dias mais leves e alegres; minha mãe, dona Rogéria, poderia chamá-la também de Saudade, pois ela é o motivo principal do retorno ao Guarujá, minha rainha e melhor amiga, que tanto torceu e ajudou de todas as formas que podia; meu pai, Tuca, meu grande exemplo, que sempre soube me ouvir e me aconselhar; minhas irmãs, Lívia, Vivi e Lu, que tanto torceram e acreditaram, de quem ganhei até canetas marca texto em natal rs; meus amigos de estudo, Carlos e Izabella, ele que me apresentou a LS, que estudou tanto comigo por e-mail e tirou muitas dúvidas, e ela, que corrigiu minhas redações para Teresina e compartilhou anseios, esses dois logo farão depoimentos tipo este aqui; meus consultores, Raphael e Nylfson, que mesmo após passarem em concursos, continuaram a dedicar tempo à consultoria. Agradeço também a todas as pessoas que torceram pelo projeto “concurso público” e entenderam, muitas vezes, a ausência de “Lígia e Wel” em diversos momentos especiais. Gratidão!

Acho que com tantos depoimentos de aprovados pela web, técnicas de estudo não sejam mais tão aguardadas pelos concurseiros. Portanto, tentei mostrar que nunca é tarde para ter um objetivo e, com um bom planejamento e muita dedicação, alcançá-lo. Não era um sonho em minha vida, como ouvi algumas vezes. Na verdade, era uma visão realista do que eu poderia fazer para tentar dar uma vida mais digna a minha família no país que vivo. Queria estabilidade. Acredito que o mais importante é acreditar no propósito e ter muita persistência. Agora, acho que me aposentei dos estudos rs e curtirei um pouco a vida em família no Guarujá. Desejo a todos concurseiros muita sabedoria e luz, para que continuem a estudar com muito foco.

Força, sucesso e felicidade a todos!