Vinícius Duncan

Aluno aprovado em 1º lugar no ISS Governador Valadares

Fala pessoal! Meu nome é Vinícius Duncan, tenho 26 anos, sou de Campos dos Goytacazes RJ, me formei em Engenharia Ambiental pelo Instituto Federal Fluminense (IFF) e  fui aprovado em 1º lugar no concurso de Auditor Fiscal de Tributos de Governador Valadares. Vou contar um pouquinho aqui para vocês desse processo até a aprovação para motivá-los e ajudar no que for possível.

O começo de tudo:

Foi em 2016 a primeira vez na minha vida que me interessei por concursos públicos, ainda estava cursando a faculdade e queria conseguir um emprego que me permitisse estudar e trabalhar. Nessa época eu comecei a me incomodar demais com o fato de depender financeiramente da minha família, estava completamente insatisfeito com minha vida e com o curso que estava fazendo. Pensei até em abandonar a faculdade e começar a cursar direito, mas como já tinha feito metade do curso aproximadamente, resolvi terminar e buscar algo que meu diploma pudesse me oferecer. 

Nessa época estavam acontecendo demissões em massa na minha região, o mercado de trabalho na iniciativa privada era completamente desmotivante e com remunerações iniciais muito baixas. Foi nesse período que comecei a pesquisar sobre concursos pela primeira vez (confesso que tinha até um pouco de preconceito), e foi literalmente UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL! Uma oportunidade de exercer uma função importante no país e ser bem remunerado por isso.

Primeiros passos e fracassos:

Em 2016 foi publicado, então, o edital do concurso de Técnico de Seguro Social do INSS e comecei a ”estudar” pela primeira vez ali com vídeos pelo Youtube (tenho até vergonha de falar isso rs) e uma apostila de banca, prestei a prova e acabei descobrindo uma excelente maneira de ser reprovado num concurso kkkk. Mesmo reprovando feio, não desanimei e continuei pesquisando sobre quais concursos poderia prestar com minha formação e sobre as atribuições de cada carreira. No final de 2016 então que decidi focar na área fiscal e comecei a estudar pela primeira vez com pdfs e questões de cursinhos. 

Estudei aproximadamente uns 8-10 meses nessa época com bastante afinco e conciliando com a faculdade, mas acabei não prestando nenhuma prova, estávamos numa seca da área fiscal. Tive que interromper os estudos por conta de estágio, TCC  e para liquidar todas as disciplinas que faltavam na faculdade para o mais breve possível retomar aos estudos.

Estudo com a LS:

Em 2018 me formei, colei grau e voltei a estudar para concursos da área fiscal, as provas da SEFAZ GO, SC e RS já tinham sido publicadas e tive maturidade de entender que nas condições atuais eu não tinha condição de brigar por uma vaga. Por isso retomei os estudos pensando em prestar o concurso do ISS Maricá. Eu tinha pouco tempo pra estudar até a prova mas decidi fazer mesmo assim. Fiz 78% da prova e fui reprovado. 

Fiz uma análise fria depois do resultado e percebi que estava errando no meu planejamento. Informática, por exemplo, decidi não estudar (achava que dava pra passar sem estudar), e foquei demais nas outras disciplinas. Acabou que praticamente zerei informática e as questões não eram tão difíceis, se tivesse estudado com um bom material eu teria condições de acertar todas, foi puramente falta de planejamento. Não fiz uma prova muito boa em português também, resolvia poucas questões dessa matéria e confiava muito no que já tinha estudado na escola (outro erro).

Nessa época eu percebi que precisava de orientação, contratei a LS e minha preparação subiu muito de nível. O planejamento da orientação de estudos me ajudou bastante, eu já tinha liquidado o ciclo básico da área fiscal mas não avançava em outras disciplinas (civil,empresarial,penal,informática,economia,T.I) com medo de esquecer. As metas me ajudaram a avançar e estar sempre em contato com o que já tinha estudado. Eu lembro que a minha primeira meta já veio com 2 disciplinas que nunca tinha estudado, falei com meu professor orientador cheio de insegurança “mas eu nunca estudei isso!!” ele: “vai começar agora, não tem problema” rs. 

O Marco Cupello (meu professor orientador) sempre me orientou a ter muito foco e resistir a concursos de outras áreas que são publicados no meio da preparação. Desviar a preparação para um concurso de outra área que surge no “meio do caminho” é um risco que corremos que pode retardar bastante a aprovação. 

Concursos fiscais que prestei:

Estudando com a LS meu primeiro concurso foi o ISS GRU, fazia pouco tempo que tinha voltado a estudar mas eu estava num ritmo muito bom e acreditava que poderia ser aprovado naquela prova pois não estava iniciando do zero absoluto. Decidi fazer o pós edital da LS e fiz o melhor que pude no tempo que tinha até a prova. Foi aí então minha primeira frustração de verdade nos concursos. Fiquei na posição 1585º! Não passar faz parte do jogo, mas não achei que fosse ficar tão longe das vagas. Bateu um desânimo danado, mas na terça-feira da semana seguinte eu já tava estudando, motivado ou não rs. 

Nessa fase resolvi mudar um pouco a estratégia e decidi prestar concursos fiscais menores para que eu pudesse ganhar mais confiança de que é possível ser aprovado. Prestei dois concursos menores ambos com apenas 1 vaga: Analista de Tributos Porciúncula – 6º lugar e ISS Muriaé – 10º lugar. Não era nenhuma aprovação em um concurso top, mas aos poucos sentia que estava chegando cada vez mais perto das vagas. 

Logo depois de Muriaé veio o concurso do ISS Porto Alegre. Fiz o pós edital da LS e estava muito mais tranquilo do que GRU, e o mais importante de tudo: estava maduro! Isso significa que estava preparado para uma reprovação, eu tinha consciência que estava fazendo meu melhor até ali, e não seria uma reprovação a mais que iria me fazer parar de estudar. Fiquei no CR na posição 159º sem chances de ser chamado. Mesmo assim fiquei feliz com meu desempenho, porque a prova de Porto Alegre não foi nada trivial, apenas 10% dos que prestaram a prova conseguiram fazer os mínimos.

Pós prova de Porto Alegre existiam muitas opções de concursos nos municípios de MG, optei por prestar somente a de Gov. Valadares. Como a LS não fez pós edital específico para o concurso, enviei o edital pro Marco e ele fez alguns ajustes no meu planejamento me direcionando para aquela prova. Fui para a prova bem tranquilo, com o mesmo pensamento de Porto Alegre. Resultado final: 1º lugar!! Fiquei muito surpreso e feliz! Não esperava ficar na primeira colocação, mas o gabarito pós recursos anulou 4 questões que havia errado e a sorte ajudou um pouquinho.

Sou muito grato à equipe LS e por toda minha família que acreditou e me apoiou nesse percurso. Pretendo continuar nessa vida concurseiro por mais um tempinho antes de aposentar a caneta kkk. Acreditem no potencial de vocês! Só não passa quem desiste. Boa sorte e bons estudos a todos.

Projeto LS cuida de você

Sabemos que para obter uma boa preparação não adianta possuir apenas a parte técnica e a dedicação. Precisamos ter um cuidado especial com a nossa mente e com o nosso corpo. Combinar boas horas de sono, uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas será o seu diferencial.

Pensando nisso, a LS criou o mais novo programa que irá aumentar a sua performance em todas as áreas da sua vida!

Apresentamos o projeto “LS CUIDA DE VOCÊ”.

A iniciativa tem como objetivo apoiar os alunos nas principais áreas da sua vida para que possam obter uma alta performance durante a sua preparação para o concurso público almejado.

A nossa missão não é somente aprovar o concurseiro, mas também cuidar dele até a hora da prova.

Nossa equipe é formada por especialistas (Psicóloga, Educador Físico e Nutricionista) que acompanharão semanalmente, de forma gratuita, todos os alunos da LS.

Clique aqui para mais informações.