Central de Notícias

NOTÍCIAS

Concurso Senado: Edital será divulgado após crise do Coronavírus

26/03/2020

Atenção concurseiros! De acordo com a Assessoria de Imprensa do Senado Federal, o edital do concurso público da Casa será divulgado após a crise da pandemia do Coronavírus (COVID-19). Diversos certames já tiveram seus cronogramas alterados pela mesma razão.

Mesmo assim, a comissão organizadora da seleção do Senado segue com os preparativos em andamento. Porém, optou por adiar a divulgação do edital e aplicação das avaliações, tendo em vista a orientação dos Ministério da Saúde para evitar aglomerações. 

Vale lembrar que a previsão era para que o edital do concurso da Casa fosse confeccionado até o mês de março. Esse também era o prazo anunciado para a finalização dos detalhes do projeto básico e para a formação da banca.

Sobre o concurso

O certame do senado está autorizado desde outubro de 2019. A expectativa é que o edital do Senado Federal tenha o provimento de 40 vagas para cargos de Advogado, Analista e Técnico. 

De acordo com um documento divulgado, também em outubro, as oportunidades serão divididas da seguinte maneira:

  • Técnico Legislativo, Nível II, padrão 21, na especialidade Policial Legislativo, com requisito de escolaridade de nível médio: 24 vagas;
  • Advogado, Nível III, padrão 41, na especialidade Advocacia, com requisito de escolaridade de nível superior: 4 vagas;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Administração, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 vagas;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Arquivologia, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Assistência Social, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Contabilidade, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Enfermagem, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Informática Legislativa, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Processo Legislativo, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 vagas;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Registro e Redação Parlamentar, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia do Trabalho, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia Eletrônica e Telecomunicações, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga.

Clique aqui para ver o documento com informações do concurso público do Senado Federal na íntegra.

Requisito e remunerações dos cargos

Para concorrer a uma das vagas é necessário que o candidato:

  • Advogado (inicial de R$ 32 mil)
    • Diploma de conclusão de nível superior em Direito, além de inscrição, como Advogado, na Ordem dos Advogados do Brasil.
  • Analista Legislativo (R$ 25,8 mil)
    • Formação em nível superior, com diploma especializado na área de atuação desejada.
  • Técnico Legislativo (R$ 19,4 mil)
    • Formação de nível médio ou curso técnico, de acordo com a área especializada.
Senado oferece material gratuito

A Secretaria de Transparência (STrans), em parceria com a Comissão Organizadora do concurso, criou um site com informações relevantes sobre o certame do Senado. 

A ferramenta permite que pessoas com deficiência acessem os conteúdos sem restrições. O site pode ser lido por um aplicativo que traduz as informações para a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) e tem recursos de áudio e coloração para deficientes visuais.

Clique neste link para acessar o site.

Inicie já a sua preparação para o concurso! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: