Central de Notícias

NOTÍCIAS

Concurso Senado: Oito bancas organizadoras enviam propostas

17/06/2020

Ótimas notícias, concurseiros! De acordo com a Assessoria de Imprensa do Senado Federal, oito bancas organizadoras enviaram suas propostas para o concurso da Casa. Estão na disputa as empresas:

  • Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe);
  • Instituto Acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego;
  • Instituto AOCP;
  • Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC);
  • Instituto De Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan);
  • Instituto Mais de Gestão E Desenvolvimento Social (Imais);
  • Fundação Getúlio Vargas (FGV);
  • FUNRIO – Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino e Assistência à Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e ao Hospital Universitário Gaffrée e Guinle da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Agora, a comissão organizadora da seleção ficará responsável por analisar todas as propostas recebidas. Segundo o presidente do grupo, Roberci Ribeiro, a expectativa é que a contratação da banca ocorra até o final deste mês.

Ainda de acordo com o presidente da comissão, o ideal é que a seleção do Senado seja concluída ainda em 2020, uma vez que a Lei Orçamentária é anual e prevê a nomeação dos 40 aprovados ainda neste ano.

Sobre o concurso

A expectativa é que o edital do Senado Federal tenha o provimento de 40 vagas para cargos de Advogado, Analista e Técnico. De acordo com o documento divulgado, também em outubro, as oportunidades serão divididas da seguinte maneira:

  • Técnico Legislativo, Nível II, padrão 21, na especialidade Policial Legislativo, com requisito de escolaridade de nível médio: 24 vagas;
  • Advogado, Nível III, padrão 41, na especialidade Advocacia, com requisito de escolaridade de nível superior: 4 vagas;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Administração, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 vagas;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Arquivologia, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Assistência Social, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Contabilidade, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Enfermagem, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Informática Legislativa, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Processo Legislativo, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 vagas;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Registro e Redação Parlamentar, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia do Trabalho, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga;
  • Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia Eletrônica e Telecomunicações, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 vaga.

Clique aqui para ver o documento com informações do concurso público do Senado Federal na íntegra.

Requisito e remunerações dos cargos

Para concorrer a uma das vagas é necessário que o candidato:

  • Advogado (inicial de R$ 32 mil)
    • Diploma de conclusão de nível superior em Direito, além de inscrição, como Advogado, na Ordem dos Advogados do Brasil.
  • Analista Legislativo (R$ 25,8 mil)
    • Formação em nível superior, com diploma especializado na área de atuação desejada.
  • Técnico Legislativo (R$ 19,4 mil)
    • Formação de nível médio ou curso técnico, de acordo com a área especializada.
Inicie já a sua preparação para o concurso! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: