Central de Notícias

NOTÍCIAS

Concurso Senado: Projeto básico é divulgado

30/07/2020

Ótimas notícias, concurseiros! Foi divulgado, nesta quarta-feira, o projeto básico do concurso do Senado Federal. O documento traz todos os detalhes das etapas da seleção e das disciplinas a serem exigidas nas provas.

Segundo o Projeto, as provas objetivas deverão ser compostas por 200 questões numeradas sequencialmente, cada qual com uma assertiva única para julgamento como CERTA ou ERRADA. Levando em consideração esse tópico, nota-se que o Cebraspe aparece como franco favorito na disputa.

Divisão de vagas

O concurso do Senado Federal terá o provimento de 40 vagas, sendo divididas em:

  • Advogado (ensino superior)
    • Advocacia (4 vagas);
  • Analista Legislativo (ensino superior)
    • Administração (2 vagas);
    • Arquivologia (1 vaga);
    • Assistência Social (1 vaga);
    • Contabilidade (1 vaga);
    • Enfermagem (1 vaga);
    • Informática Legislativa (1 vaga);
    • Processo Legislativo (2 vagas);
    • Registro e Redação Parlamentar (1 vaga);
    • Engenharia do Trabalho (1 vaga);
    • Engenharia Eletrônica e Telecomunicações (1 vaga);
  • Técnico Legislativo (ensino médio)
    • Policial Legislativo (24 vagas).
Valores

As remunerações dos cargos, de acordo com o documento, são de:

  • Advogado: R$ 33,4 mil;
  • Analista Legislativo: R$ 25,8 mil;
  • Técnico Legislativo:  R$19,4 mil.

A taxa de inscrição da seleção poderá ter o valor máximo de:

  • Advogado: R$334,61
  • Analista Legislativo: R$ 258,97
  • Técnico Legislativo:  R$ 194,27..
Divisão de provas

A seleção do Senado será composta pelas seguintes fases:

  • Prova objetiva;
  • Provas discursivas;
  • Prova Prática (Para o cargo de Registro e Redação Parlamentar);
  • Exame de Sanidade Física e Mental (Para o cargo de Policial Legislativo);
  • Teste de Aptidão Física (Para o cargo de Policial Legislativo);;
  • Exame Psicotécnico (Para o cargo de Policial Legislativo);
  • Sindicância de vida pregressa (Para o cargo de Policial Legislativo);
  • Prova Oral (Para o cargo de Advogado);
  • Prova de Títulos.

As provas objetivas e discursivas serão realizadas nas capitais dos estados e no Distrito Federal.

As demais etapas serão realizadas exclusivamente no Distrito Federal, inclusive a prova discursiva para o cargo de Advogado.

A prova discursiva será composta por:

  • Texto dissertativo, para o cargo de Técnico Legislativo, especialidade Policial Legislativo;
  • 2 questões teóricas ou práticas e na redação de um texto dissertativo, para o cargo de Analista Legislativo;
  • 4 questões teóricas ou práticas e na redação de um parecer ou uma peça judicial, para o cargo de Advogado;
Disciplinas do concurso

De acordo com o documento, serão conteúdos cobrados nas provas, de acordo com cada cargo:

  • Disciplinas para o cargo de Advogado: Língua, literatura nacional e redação; Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol; Direito constitucional; Direito administrativo: geral e noções de administração; Direito administrativo: licitações e contratos; Direito administrativo: legislação de pessoal civil; Direito civil e empresarial; Direito processual civil; Direito penal; Direito processual penal; Direito do trabalho, processual do trabalho e da seguridade social; Direito eleitoral; Direito financeiro e tributário; Direito internacional público e privado; Direito digital; Legislação complementar; Atualidades.
  • Disciplinas para o cargo de Analista Legislativo: Língua, literatura nacional e redação; Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol; Raciocínio lógico; Noções de direito constitucional; Noções de direito administrativo; Atualidades; Conhecimentos específicos na área de atuação.
  • Disciplinas para o cargo de Técnico Legislativo, Especialidade Policial Legislativo: Língua, literatura nacional e redação; Línguas estrangeiras: inglês ou espanhol; Raciocínio lógico; Noções de direito constitucional; Noções de direito administrativo; Noções de direito civil e processual civil; Noções de direito penal e processual penal; Noções de criminalística; Noções de direito digital; Noções de direitos humanos; Noções de administração; Noções de informática; Atualidades; Conhecimentos específicos na área de atuação.
Banca do concurso segue em definição

Vale lembrar que, no momento, o certame do Senado Federal está em fase de contratação da banca. Três bancas seguem na competição para organizar o concurso da Casa, sendo elas:

  • Cebraspe;
  • FGV;
  • Idecan.

Ainda não foi divulgado nenhum nome oficial, porém, das bancas concorrentes, o Cebraspe é a que está sendo cotada como a escolha definitiva.

Para mais informações, acesse o projeto básico do concurso do Senado Federal na íntegra. 

Faça sua preparação com a nossa equipe! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: