Central de Notícias

NOTÍCIAS

Concursos AM: governador autoriza 2.525 vagas para segurança pública

08/07/2021

Ótimas notícias, concurseiros! O governador do Amazonas, Wilson Lima, autorizou a abertura de 2.525 vagas para concurso da Segurança Pública do Estado. O anúncio foi realizado nesta quinta-feira, dia 8 de julho.

Ainda de acordo com Lima, as comissões serão formadas na próxima semana e, com isso, a distribuição das vagas para cada corporação será revelada. 

“Na semana que vem, quando eu assinar a criação das comissões, iremos dar os detalhes de quantas vagas serão para cada força, para Polícia Militar, Polícia Civil, Detran, Corpo de Bombeiros, para a própria Secretaria de Administração Penitenciária”, explicou Wilson Lima.

Na última semana, o deputado estadual e presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas, Cabo Maciel (PL), a divulgação do anúncio dos novos certames da PM, PC e CBM AM é uma questão de tempo.

Em entrevista ao programa “Filho da Terra”, da Rádio Difusora de Itacoatiara, o deputado informou que as pessoas que desejam integrar os quadros da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil do Amazonas devem começar a preparação para os concursos públicos.

Ainda de acordo com Maciel, há um baixo efetivo nas instituições do estado. Além disso, o deputado voltou a defender a idade limite para ingresso na PM e nos Bombeiros AM, aumentando de 28 para 35 anos.

PC AM

Na última sexta-feira, dia 2, o Ministério Público do Amazonas, por meio da 60ª Promotoria de Controle Externo da Atividade Policial, reiterou a necessidade de um novo concurso para a Polícia Civil do Estado. 

A nova solicitação foi feita após o MP realizar uma inspeção ordinária em unidades das Polícias Civil e Militar do Amazonas. No início do ano, o MP AM também chegou a recomendar a realização da seleção dentro de um ano. 

Segundo as informações, na quinta-feira, dia 1°, foram inspecionadas as seguintes unidades: 2ª Companhia Interativa Comunitária (2ª Cicom), o 2º Distrito Integrado de Polícia (2ºDIP), a 24ª Cicom e a Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decom).

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Josué Neto, a PC AM acumula um déficit de 1,6 mil servidores.  Fato que sobrecarrega os servidores, os quais estão sempre trabalhando no limite.

Além disso, de acordo com Neto, desde 2018 estudos são realizados para o novo concurso da Polícia Civil. A expectativa é que o certame tenha o provimento de 424 vagas, que devem ser divididas entre:

  • Delegado (62 vagas);
  • Investigador (200 vagas);
  • Perito criminal (27 vagas);
  • Perito legista (8 vagas);
  • Perito odontologista (3 vagas);
  • Auxiliar de perito (16 vagas);
  • Padioleiro (10 vagas);
  • Escrivão (98 vagas).
PM AM

No mês de junho, o deputado Roberto Cidade (PV), presidente da Assembleia Legislativa, protocolou uma emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022 para garantir que o governo promova os concursos PM AM e Bombeiros AM.

“A Polícia Militar não faz concurso público há dez anos. Muitas cidades do interior, infelizmente, não têm policiamento suficiente para suprir a demanda da população. Da mesma maneira, o Corpo de Bombeiros não realiza concurso público desde 2010. A emenda é para que o recurso seja especificado na Lei Orçamentária e o estado, obrigatoriamente, promova o concurso”, destacou.

De acordo com as informações, a PM AM possui 5.969 cargos vagos e o Corpo de Bombeiros do Estado conta com 3.387 cargos vagos.

Último edital – PC AM

Realizado em 2009, o último concurso da Polícia Civil do Amazonas teve o provimento de 1.010 vagas. As vagas foram divididas entre as carreiras de:

  • Delegado de Polícia (100 vagas)
    • Cargo exige diploma de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior de bacharel em Direito. Experiência de três anos de exercício profissional na área jurídica ou na área policial, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”. Na época, o cargo possuía remuneração de R$ 6,1 mil;
  • Investigador de Polícia (500 vagas)
    • Para concorrer a uma das vagas, o candidato necessitava ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”. Remuneração do cargo, na época, R$ 2,5 mil;
  • Escrivão de Polícia (250 vagas)
    • Para concorrer a uma das vagas, o candidato necessitava ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”. Remuneração do cargo, na época, R$ 2,5 mil;
  • Perito Criminal: Os candidatos que concorreram ao cargo deveriam possuir inscrição no respectivo Conselho Profissional e ter dois anos de experiência na área de formação. Remuneração do cargo R$ 4.2 mil. As 80 vagas do cargo foram divididas entre as área:
    • Área A – Engenharia Florestal e Cursos de Tecnologia na área Florestal (5 vagas);
    • Área B – Computação, Informática e Processamento de Dados (15 vagas);
    • Área C – Química, Farmácia e Bioquímica (30 vagas);
    • Área D – Ciências Contábeis (5 vagas);
    • Área E – Ciências Biológicas e Biomedicina (15 vagas);
    • Área F – Engenharia Mecânica, Naval e Mecatrônica e Cursos de Tecnologia Mecânica e Mecatrônica (10 vagas).  
  • Perito Legista (35 vagas)
    • Para o cargo, foi necessário diploma de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior em Medicina. Inscrição no Conselho Regional de Medicina e dois anos de experiência na área de formação. Remuneração de R$ 4,2 mil;
  • Perito Odontologista (5 vagas)
    • Necessário diploma de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior em Odontologia Inscrição no Conselho Regional de Odontologia e dois anos de experiência na área de formação. Remuneração de R$ 4,2 mil.

Para todos os cargos, o processo foi dividido em:

  • Objetiva – Conhecimentos Básicos (45 questões);
  • Objetiva – Conhecimentos Específicos (45 questões);
  • Discursiva – Conhecimentos Específicos (2 questões);
  • Exames Médicos;
  • Prova de capacidade física;
  • Avaliação Psicológica;
  • Prova Prática de Digitação (apenas para Investigador de Polícia e Escrivão de Polícia);
  • Avaliação de Títulos.

Para mais informações sobre o edital de 2009 do concurso PC AM, clique neste link.

Projeto LS cuida de você

Sabemos que para obter uma boa preparação não adianta possuir apenas a parte técnica e a dedicação. Precisamos ter um cuidado especial com a nossa mente e com o nosso corpo. Combinar boas horas de sono, uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas será o seu diferencial.

 Pensando nisso, a LS criou o mais novo programa que irá aumentar a sua performance em todas as áreas da sua vida!

 Apresentamos o projeto “LS CUIDA DE VOCÊ”.

 A iniciativa tem como objetivo apoiar os alunos nas principais áreas da sua vida para que possam obter uma alta performance durante a sua preparação para o concurso público almejado.

A nossa missão não é somente aprovar o concurseiro, mas também cuidar dele até a hora da prova.

Nossa equipe é formada por especialistas (Psicóloga, Educador Físico e Nutricionista) que acompanharão semanalmente, de forma gratuita, todos os alunos da LS.

Clique aqui para mais informações.

Inicie já a sua preparação para o concurso! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS.

Compartilhe: