Central de Notícias

NOTÍCIAS

Concursos PC e PM PA: Seis bancas estão habilitadas

10/07/2020

Atenção, concurseiros! Foram divulgados em Diário Oficial do Pará, na manhã desta sexta-feira, os nomes das empresas aprovadas e habilitadas nos processos licitatórios que visam à contratação das organizadoras para os concursos da Polícia Civil e Polícia Militar do Pará.

De acordo com a publicação, as empresas habilitadas são:

  • Cebraspe/Cespe
  • Cetap;
  • Consulplan;
  • Fadesp;
  • Iades;
  • Instituto AOCP.

Agora, os interessados poderão interpor recurso da decisão deferida pela Comissão Especial de Licitação no prazo de até cinco dias úteis, contados a partir da publicação deste ato (10/7).

Concurso PC PA

Confirmado desde 2019, a expectativa é que a seleção da Polícia Civil do Pará tenha o provimento de 1.495 vagas para os cargos de:

  • Delegado – 265 vagas;
  • Escrivão – 252 vagas;
  • Investigador – 818 vagas;
  • Papiloscopista – 160 vagas.
Comissão esclarece dúvidas sobre o certame

A Comissão de Licitação do concurso da Polícia Civil do Pará divulgou alguns esclarecimento sobre o certame da corporação. A publicação é uma resposta à solicitação do Instituto AOCP em relação a certas dúvidas sobre a seleção.

Segundo o documento, a prova discursiva será aplicada para todos os cargos do concurso. Para a carreira de delegado, a avaliação será composta por uma peça, já para os demais cargos a avaliação discursiva terá questões específicas.

Ainda de acordo com o documento, a linha de corte para a correção da prova discursiva será de três vezes o número de vagas ofertadas. 

A ordem de aplicação das subfases do concurso será:

  • Prova objetiva e discursiva;
  • Capacitação física;
  • Exame médico;
  • Exame psicológico;
  • Investigação criminal e social.

O documento da comissão confirma a realização de entrevista na fase de avaliação psicológica e que não haverá linha de corte para aplicação das subfases. Segundo o grupo, as publicações oficiais ficam a cargo da contratante. 

Concurso PM PA

A expectativa é que o concurso tenha o provimento de 2.400 vagas, sendo divididas em 2.300 para praças e 100 para oficiais.

São requisitos para cada uma das carreiras:

  • Soldado (remuneração de R$ 3,4 mil)
    • Idade mínima de 18 anos na data de matrícula no curso e máxima de 30 anos no último dia de inscrição no concurso;
    • Ter concluído o Ensino Médio até a data de matrícula no Curso de Formação;
    • Altura mínima de 1,65 m, se do sexo masculino, e 1,60 m, se do sexo feminino.
  • Oficial Combatente (remuneração de R$ 6,2 mil)
    • Ter até 35 anos de idade até o último dia da inscrição no concurso;
    • Altura mínima de 1,65 m, se do sexo masculino, e 1,60 m, se do sexo feminino;
    • Ter concluído o curso de graduação superior até a data da matrícula no curso.
Mudanças na corporação

Foi aprovado, no último dia 26 de novembro, novas regras elaboradas pela Polícia Militar do Pará para o ingresso de Oficiais na corporação. O Projeto de Lei nº 334/2019 foi aprovado pelas Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO), de Constituição e Justiça (CCJ) e de Segurança Pública (CSP) do estado.

De acordo com as novas regras, a primeira mudança está relacionada à formação exigida para o cargo. Agora, os candidatos à Oficiais da PM PA deverão apresentar diploma em formação superior no curso de Direito. 

A mudança tem o objetivo de diminuir o tempo do Curso de Formação (CFO), uma vez que 50% do curso é para qualificar o futuro oficial na área de Direito, tempo que leva três anos. Com essa alteração, o CFO terá uma duração de 1 ano e meio, no máximo. 

A segunda alteração para ingressar na PM PA é em relação a idade mínima dos candidatos. Antes, era obrigatório ter, no mínimo, 35 anos, agora passa a ser 30 anos, com o objetivo de adequar-se à reforma da previdência. 

Possíveis mudanças na propostas do projeto serão debatidas ainda na votação em plenário.

Inicie já a sua preparação para o concurso! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: