Central de Notícias

NOTÍCIAS

Órgãos ambientais: Novos concursos estão em estudo

16/07/2020

Boas notícias, concurseiros! O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, confirmou, durante o 2° Conselho Nacional da Amazônia Legal, que novos concursos para o Ibama, ICMBio, Incra e Funai estão em estudo. Durante a coletiva, o vice-presidente afirmou que o governo está trabalhando no planejamento para recuperação da capacidade operacional desses órgãos.

Segundo Mourão, os órgãos ambientais perderam pessoal e precisam aumentar a capacidade para que se possa retirar as Forças Armadas de atividades não compatíveis na Amazônia.

Durante a coletiva, o vice-presidente informou que os ministérios responsáveis farão um estudo detalhado, mas que só há uma linha de ação a ser seguida: é pedir um concurso público.

Vale lembrar que os concursos dos órgãos ambientais precisam do aval do Ministério da Economia para que possam ocorrer. 

Ibama

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis confirmou o pedido para realização de um novo concurso público. Ainda segundo o Ibama, a solicitação é para o provimento de 2.311 vagas.

A expectativa é que as oportunidades sejam para as carreiras de:

  • Técnico Administrativo (1.005 vagas);
  • Analista Ambiental (970 vagas);
  • Analista Administrativo (336 vagas).

Para mais informações, clique aqui. 

Incra

A autarquia federal não informou se enviou a solicitação para um novo concurso público. No início do ano passado, o Tribunal de Contas da União (TCU) reconheceu a baixa eficácia do órgão e recomendou que fosse realizado um novo concurso.

O último pedido que se tem notícia foi de 2015, quando o órgão demandava o preenchimento de mais de 800 vagas. 

ICMBio

O último pedido de concurso do órgão que se tem notícia foi protocolado em 2018 para o preenchimento de 1.179 vagas, sendo 524 para cargos de nível médio e 655 para o nível superior.

Funai

A Fundação Nacional do Índio confirmou que o pedido para o concurso Funai 2021 já foi encaminhado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), órgão ao qual é vinculada. Se autorizado, o edital poderá ser publicado no primeiro semestre do ano que vem. Foi solicitado o aval para provimento de 826 vagas nos níveis médio e superior.

Faça sua preparação com a nossa equipe! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: