Central de Notícias

NOTÍCIAS

PC AM: Concurso está previsto em emenda ao Orçamento de 2021

02/07/2020

Boas notícias, concurseiros! O concurso da Polícia Civil do Amazonas está novamente em pauta e pode ser realizado no próximo ano. O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Josué Neto (PRTB), apresentou uma emenda à Proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2021, que autoriza o governo a incluir no orçamento recursos para a nova seleção da PC AM.

Segundo Neto, o quadro efetivo da corporação está abaixo do que é necessário para atuação em nível estadual. No texto, o deputado também lembra que os estudos para realização de uma nova seleção para a PC AM estão sendo realizados desde 2018.

Inclusive, uma portaria chegou a ser publicada naquele ano informando a previsão de abertura de 1,3 mil vagas na Segurança do Amazonas, das quais 424 seriam para provimento no concurso da Polícia Civil do estado.

Os estudos realizados em 2018 indicavam que o certame teria o provimento de vagas para Delegado, Investigador, Perito, Perito Auxiliar e Escrivão. Porém, ainda não foi confirmado se as cinco carreiras serão realmente contempladas no novo edital.

A proposta da LDO está na Comissão de Assuntos Econômicos para emissão do parecer definitivo e será remetida para análise e aprovação do plenário. A previsão é que a LDO seja deliberada entre os dias 10 e 15 de julho. 

Último edital

Realizado em 2009, o último concurso da Polícia Civil do Amazonas teve o provimento de 1.010 vagas. As vagas foram divididas entre as carreiras de:

  • Delegado de Polícia (100 vagas)
    • Cargo exige diploma de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior de bacharel em Direito. Experiência de três anos de exercício profissional na área jurídica ou na área policial, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”. Na época, o cargo possuía remuneração de R$ 6,1 mil;  
  • Investigador de Polícia (500 vagas)
    • Para concorrer a uma das vagas, o candidato necessitava ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”. Remuneração do cargo, na época, R$ 2,5 mil;  
  • Escrivão de Polícia (250 vagas)
    • Para concorrer a uma das vagas, o candidato necessitava ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”. Remuneração do cargo, na época, R$ 2,5 mil;  
  • Perito Criminal: Os candidatos que concorreram ao cargo deveriam possuir inscrição no respectivo Conselho Profissional e ter dois anos de experiência na área de formação. Remuneração do cargo R$ 4.2 mil. As 80 vagas do cargo foram divididas entre as área:
    • Área A – Engenharia Florestal e Cursos de Tecnologia na área Florestal (5 vagas);
    • Área B – Computação, Informática e Processamento de Dados (15 vagas);
    • Área C – Química, Farmácia e Bioquímica (30 vagas);
    • Área D – Ciências Contábeis (5 vagas);
    • Área E – Ciências Biológicas e Biomedicina (15 vagas);
    • Área F – Engenharia Mecânica, Naval e Mecatrônica e Cursos de Tecnologia Mecânica e Mecatrônica (10 vagas).    
  • Perito Legista (35 vagas)
    • Para o cargo, foi necessário diploma de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior em Medicina. Inscrição no Conselho Regional de Medicina e dois anos de experiência na área de formação. Remuneração de R$ 4,2 mil;  
  • Perito Odontologista (5 vagas)
    • Necessário diploma de conclusão de curso reconhecido de graduação de nível superior em Odontologia Inscrição no Conselho Regional de Odontologia e dois anos de experiência na área de formação. Remuneração de R$ 4,2 mil.

Para todos os cargos, o processo foi dividido em:

  • Objetiva – Conhecimentos Básicos (45 questões);
  • Objetiva – Conhecimentos Específicos (45 questões);
  • Discursiva – Conhecimentos Específicos (2 questões);
  • Exames Médicos;
  • Prova de capacidade física;
  • Avaliação Psicológica;
  • Prova Prática de Digitação (apenas para Investigador de Polícia e Escrivão de Polícia);
  • Avaliação de Títulos.

Para mais informações sobre o edital de 2009 do concurso PC AM, clique neste link.

Inicie já a sua preparação para o concurso! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: