Central de Notícias

NOTÍCIAS

PF: após acordo, justiça determina que concurso reabrirá inscrições para PcD

25/03/2021

Boas notícias, concurseiros! O Ministério Público Federal, através de acordo judicial, informou que as inscrições do concurso da Polícia Federal para candidatos com deficiência serão reabertas. 

Por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), o MPF firmou essa decisão através de um acordo judicial com a União. A informação foi confirmada nesta quarta, 24.

O novo prazo de inscrição será apenas para PcD, que poderão se inscrever apresentando um laudo médico simples, subscrito por um único médico e emitido nos últimos 12 meses.

Segundo o MPF, os termos finais do acordo serão formalizados nos próximos dias. Concluídos os trâmites internos com os órgãos da União, a PF deverá publicar até, no máximo, dia 29 de março, uma retificação com todos os detalhes.

A corporação e o Cebraspe deverão comunicar o novo prazo de candidatura, que será de três dias. O MPF especifica que, na retificação a ser publicada, a apresentação do laudo multidisciplinar deverá ser exigida em momento anterior à perícia médica, realizada em fase própria do concurso.

Provas PF foram remarcadas

As provas do concurso da Polícia Federal foram oficialmente adiadas. O comunicado foi divulgado no site da banca organizadora da seleção, o Cebraspe, no dia 11 de março.

Ainda segundo o comunicado, a previsão é que a data seja aplicada no dia 23 de maio de 2021.

Confira o que diz o documento:

A DIRETORA DE GESTÃO DE PESSOAL, em razão das medidas restritivas adotadas pelos estados e municípios, em decorrência da pandemia de COVID-19, torna público o adiamento da prova objetiva e da prova discursiva, que seriam aplicadas no dia 21 de março de 2021, referentes ao concurso público para o provimento de vagas nos cargos de DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL, AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL,ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL e PAPILOSCOPISTA POLICIAL FEDERAL. 

Torna público, ainda, que, na data provável de 14 de maio de 2021, será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico http://www.cebraspe.org.br/concursos/pf_21, edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização da prova objetiva e da prova discursiva, que serão aplicadas na data provável de 23 de maio de 2021. As demais datas do concurso serão divulgadas oportunamente.

Clique aqui para conferir o documento. 

O concurso

O certame oferece 1.500 vagas imediatas entre os cargos de Agente, Escrivão, Delegado e Papiloscopista.

Divisão das vagas:

  • Delegado de Polícia Federal
    • ampla: 91;
    • vagas reservadas aos candidatos negros: 25;
    • vagas reservadas aos candidatos com deficiência: 7;
  • Agente:
    • ampla: 669;
    • vagas reservadas aos candidatos negros: 179;
    • vagas reservadas aos candidatos com deficiência: 45;
  • Escrivão
    • ampla: 300;
    • vagas reservadas aos candidatos negros: 80;
    • vagas reservadas aos candidatos com deficiência: 20;
  • Papiloscopista
    • ampla: 62;
    • vagas reservadas aos candidatos negros: 17
    • vagas reservadas aos candidatos com deficiência: 5;

Para a carreira de Delegado, é necessário diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito e comprovação de três anos de atividade jurídica ou policial. A remuneração do cargo é de R$ 23.692,74

Para Agente da PF, o candidato deve possuir diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação. O salário é de  R$ 12.522,50.

A carreira de Escrivão exige também diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação. E possui remuneração de R$ 12.522,50.

Por fim, para Papiloscopista é necessário diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação e a carreira também possui salário de R$ 12.522,50.

Processo seletivo
  • Primeira Etapa Do Concurso
    • DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL
      • Objetiva (120 questões);
      • Discursiva
        • Três questões dissertativas
        • Uma peça profissional
      •  Avaliação médica
      •  Prova oral
      • Avaliação de títulos
      • Primeiro momento da avaliação psicológica.
  • AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL E DE PAPILOSCOPISTA POLICIAL FEDERAL
    • Objetiva
      • bloco I (60 questões);
      • bloco II (36 questões)
      • bloco III (24 questões)
    • Discursiva
      • Um texto dissertativo de até 30 linhas.
    • Exame de aptidão física
    • Avaliação médica
    • Primeiro momento da avaliação psicológica.
  • ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL
    • Objetiva
      • bloco I (60 questões);
      • bloco II (36 questões)
      • bloco III (24 questões)
    • Discursiva
      • Um texto dissertativo de até 30 linhas
    • Exame de aptidão física
    • Avaliação médica
    • Prova prática de digitação
    • Primeiro momento da avaliação psicológica.

A segunda etapa da seleção é composta pelo Curso de Formação Policial.

Para todos os cargos, a aplicação da prova objetiva e das provas discursivas está prevista para 23 de maio de 2021.

Para conferir o conteúdo programático, clique aqui.

Retificação é divulgada

A primeira retificação do concurso já foi divulgada. Segundo o documento:

“A DIRETORA DE GESTÃO DE PESSOAL, em razão de erro material, torna público que, no Edital nº 1 – DGP/PF, de 15 de janeiro de 2021, no subitem 24.2.3 – Cargo 2: Agente de Polícia Federal, Bloco I – Legislação Especial, no subitem 24.2.4 – Cargo 3: Escrivão de Polícia Federal, Bloco I – Legislação Especial e no subitem 24.2.5 – Cargo 4: Papiloscopista Policial Federal, Bloco I – Legislação Especial, onde se lê Lei nº 13.868/2019 e suas alterações (aspectos penais e processuais penais), leia-se Lei nº 13.869/2019 e suas alterações (aspectos penais e processuais penais), permanecendo inalterados os demais itens e subitens do referido edital.”

Clique aqui para conferir o arquivo.

Requisitos para ingresso no CFP

O Cebraspe divulgou um novo comunicado sobre os requisitos dos cargos do concurso da Polícia Federal. Segundo o documento, todos os cargos exigem Carteira Nacional de Habilitação de, no mínimo, categoria B, sendo aceitas a carteira definitiva ou a permissão para dirigir.

Além disso, a validade da CNH deverá se estender até o final do Curso de Formação. Então, atenção, a exigência de Carteira de Habilitação é para matrícula no Curso de Formação e posse nos cargos.

Para conferir o documento na íntegra, clique aqui.

Projeto LS cuida de você

Sabemos que para obter uma boa preparação não adianta possuir apenas a parte técnica e a dedicação. Precisamos ter um cuidado especial com a nossa mente e com o nosso corpo. Combinar boas horas de sono, uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas será o seu diferencial.

Pensando nisso, a LS criou o mais novo programa que irá aumentar a sua performance em todas as áreas da sua vida!

Apresentamos o projeto “LS CUIDA DE VOCÊ”.

A iniciativa tem como objetivo apoiar os alunos nas principais áreas da sua vida para que possam obter uma alta performance durante a sua preparação para o concurso público almejado.

A nossa missão não é somente aprovar o concurseiro, mas também cuidar dele até a hora da prova.

Nossa equipe é formada por especialistas (Psicóloga, Educador Físico e Nutricionista) que acompanharão semanalmente, de forma gratuita, todos os alunos da LS.

Clique aqui para mais informações.

Inicie já a sua preparação! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS.

Compartilhe: