Central de Notícias

NOTÍCIAS

Supremo: cresce articulação para reajuste

16/07/2018

Desde 2014, quando o último reajuste foi aprovado, o teto constitucional não sofria alterações: os vencimentos são de R$ 33,7 mil. Mas, cresce no Congresso uma articulação para elevar os salários de deputados e senadores após as eleições.

Mesmo que de forma reservada, participam das discussões alguns ministros do Supremo. A proposta é de que o teto passe de R$ 33,7 mil para R$ 38 mil no próximo ano. O reajuste de R$ 4,3 mil é justamente o valor do auxílio-moradia, que seria incorporado aos vencimentos dos magistrados.

No geral, a medida beneficia servidores de órgãos que têm seus pisos congelados já que abre precedentes para que outras categorias também alterem seus tetos constitucionais, especialmente aqueles que possuem triênios, que podem elevar os vencimentos.