Central de Notícias

NOTÍCIAS

TJ-RJ: Órgão finaliza últimos detalhes do cronograma

04/02/2020

Ótimas notícias concurseiros! De acordo com uma fonte do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o órgão está fechando os últimos detalhes do cronograma do seu próximo concurso público. Com isso, a expectativa é que o edital do certame seja divulgado já nos próximos dias.

A previsão é que as inscrições do concurso iniciem, no site do Cebraspe, banca organizadora do certame, ainda no mês de fevereiro. As provas da seleção estão previstas para serem realizadas entre os meses de abril e maio, com maior probabilidade de acontecer no segundo mês. 

Vagas

Vale lembrar que a seleção do TJ-RJ terá o provimento de 160 vagas para as carreiras de Técnico e Analista Judiciários. sendo 85 para Técnico Judiciário e 75 para Analista Judiciário.

As oportunidades de Analista serão divididas entre as especialidades:

  • Analista Judiciário, sem especialidade (Direito, Economia ou Administração): 31 vagas;
  • Contador: 2 vagas;
  • Execução de Mandados: 10 vagas;
  • Psicólogo: 5 vagas;
  • Assistente Social: 5 vagas;
  • Comissário da Infância, Juventude e Idoso: 5 vagas;
  • Médico: 6 vagas;
  • Médico Psiquiatra: 1 vaga;
  • Analista de Negócios: 2 vaga;
  • Analista de Infraestrutura: 2 vagas;
  • Analista de Projetos: 1 vaga;
  • Analista de segurança da Informação: 2 vagas;
  • Analista de Sistemas: 2 vagas;
  • Analista de Gestão de TIC: 1 vaga.

Em janeiro de 2020, o corregedor-geral do Rio de Janeiro decidiu pela inclusão de nove vagas para o cargo de Oficial de Justiça no concurso do Tribunal de Justiça do RJ. A decisão foi divulgada em Diário Oficial Eletrônico.

De acordo com o texto, a previsão é de que as oportunidades sejam para a 2° Região do TJ RJ, que engloba Niterói; Região Oceânica; Itaboraí; Maricá; Rio Bonito; São Gonçalo; Silva Jardim e Alcântara. 

O cargo de Oficial de Justiça exige formação superior em Direito e possui remuneração inicial de R$ 9,9 mil.

Estruturação das provas

Com a dispensa de licitação divulgada, e o Cebraspe sendo oficialmente a Banca do concurso do TJ RJ, foi confirmada também a estrutura de avaliação de cada cargo do Tribunal de Justiça. 

De acordo com o documento, os candidatos a Técnico, que exige nível médio, serão avaliados apenas por meio de uma prova objetiva. Sendo assim, não haverá avaliação discursiva para a carreira de Técnico.

Já para os candidatos que querem concorrer a uma das oportunidades para os cargos que exigem nível superior terão que realizar exames objetivos, discursivos, além da avaliação de títulos. A aplicação das provas do TJ RJ deve acontecer em todo o estado do Rio de Janeiro e está prevista para o primeiro semestre de 2020. 

Mudança nas comissões

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares, modificou as comissões organizadoras do concurso do órgão. A decisão foi publicada em Diário da Justiça Eletrônico na quinta-feira, dia 30 de janeiro.

No total, são três comissões, formadas inicialmente em dezembro, com o objetivo de organizar os preparativos para a publicação do edital do TJ RJ. Uma delas é para o cargo de Técnico Judiciário, que exige formação em nível médio.

Os outros dois grupos são para a carreira de Analista Judiciário com e sem especialidades, que exige formação em nível superior. Em todos os casos, as comissões têm os mesmos integrantes. O tribunal não informou o motivo para mudança.

Inicie já a sua preparação! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: