Central de Notícias

NOTÍCIAS

TJ RJ: Presidência altera comissões organizadoras

30/01/2020

Atenção concurseiros! O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares, modificou as comissões organizadora do concurso do órgão. A decisão foi publicada em Diário da Justiça Eletrônico nesta quinta-feira, dia 30 de janeiro.

No total, são três comissões, formadas inicialmente em dezembro, com o objetivo de organizar os preparativos para a publicação do edital do TJ RJ. Uma delas é para o cargo de Técnico Judiciário, que exige formação em nível médio.

Os outros dois grupos são para a carreira de Analista Judiciário com e sem especialidades, que exige formação em nível superior. Em todos os casos, as comissões têm os mesmos integrantes. O tribunal não informou o motivo para mudança.

As Comissões Organizadoras serão responsáveis por toda parte interna do concurso. O que inclui o levantamento de vagas, impacto orçamentário e contratação da Banca Organizadora. Vale lembrar que o Cebraspe já foi escolhido para receber as inscrições e aplicar as etapas da seleção.

Informações sobre o concurso

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou quais cargos e quantidade de vagas que serão ofertados no seu próximo concurso público. De acordo com as informações, o certame terá o provimento de 160 vagas, sendo 85 para Técnico Judiciário e 75 para Analista Judiciário.

As oportunidades de Analista serão divididas entre as especialidades:

  • Analista Judiciário, sem especialidade (Direito, Economia ou Administração): 31 vagas;
  • Contador: 2 vagas;
  • Execução de Mandados: 10 vagas;
  • Psicólogo: 5 vagas;
  • Assistente Social: 5 vagas;
  • Comissário da Infância, Juventude e Idoso: 5 vagas;
  • Médico: 6 vagas;
  • Médico Psiquiatra: 1 vaga;
  • Analista de Negócios: 2 vaga;
  • Analista de Infraestrutura: 2 vagas;
  • Analista de Projetos: 1 vaga;
  • Analista de segurança da Informação: 2 vagas;
  • Analista de Sistemas: 2 vagas;
  • Analista de Gestão de TIC: 1 vaga.

Em janeiro de 2020, o corregedor-geral do Rio de Janeiro decidiu pela inclusão de nove vagas para o cargo de Oficial de Justiça no concurso do Tribunal de Justiça do RJ. A decisão foi divulgada em Diário Oficial Eletrônico.

De acordo com o texto, a previsão é de que as oportunidades sejam para a 2° Região do TJ RJ, que engloba Niterói; Região Oceânica; Itaboraí; Maricá; Rio Bonito; São Gonçalo; Silva Jardim e Alcântara. 

O cargo de Oficial de Justiça exige formação superior em Direito e possui remuneração inicial de R$ 9,9 mil.

Estruturação das provas

Com a dispensa de licitação divulgada, e o Cebraspe sendo oficialmente a Banca do concurso do TJ RJ, foi confirmada também a estrutura de avaliação de cada cargo do Tribunal de Justiça. 

De acordo com o documento, os candidatos a Técnico, que exige nível médio, serão avaliados apenas por meio de uma prova objetiva. Sendo assim, não haverá avaliação discursiva para a carreira de Técnico.

Já para os candidatos que querem concorrer a uma das oportunidades para os cargos que exigem nível superior terão que realizar exames objetivos, discursivos, além da avaliação de títulos. A aplicação das provas do TJ RJ deve acontecer em todo o estado do Rio de Janeiro e está prevista para o primeiro semestre de 2020. 

Inicie já a sua preparação! Agende uma conversa gratuita com um professor orientador da LS. 

Compartilhe: