Central de Notícias

NOTÍCIAS

Concurso TRE Pará: Período de inscrições já iniciou

18/11/2019

Atenção concurseiros! As inscrições do concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Pará já podem ser realizadas. Com organização do Instituto Brasileiro De Formação E Capacitação (IBFC), as inscrições finalizam às 22h do dia 17 de dezembro.

A taxa de inscrição do concurso é de R$ 55 para os cargos de Técnico Judiciário e R$ 70 para as carreiras de Analista Judiciário. 

Concurso

O certame terá o provimento de três vagas de início imediato, além da criação de cadastro reserva, para as carreiras de:

  • Analista Judiciário da Área Judiciária: 1 vaga + CR;
  • Analista Judiciário da Área Administrativa: CR;
  • Analista Judiciário Apoio Especializado (Medicina/Psiquiatria): CR;
  • Analista Judiciário Apoio Especializado (Análise de Sistemas): CR;
  • Técnico Judiciário da Área Administrativa – Nível Médio: 2 vagas + CR;
  • Técnico Judiciário Apoio Especializado (Operação de computadores) – Nível Médio: CR.

Para os cargos de Analista Judiciário, é necessário que o candidato possua formação superior nas especialidades dos cursos de Direito, Engenharia Elétrica, Medicina e Ciência da Computação. 

Já para a carreira de Técnico Judiciário, é cobrado a certificação no ensino médio. Porém, para as área de especialidade, é necessário que o candidato tenha formação técnica em cursos como Administração, Redes, Operação de Computadores e Desenvolvimento de Sistemas. 

Processo Seletivo

Para os cargos de Técnico Judiciário as provas terão duração de três horas. Já para a carreira de Analista Judiciário a duração prevista é de 4h30m, uma vez que a prova discursiva será no mesmo turno e horário da prova objetiva.

Serão assuntos cobrados nas provas:

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa (Sem especialidade)
    • Conhecimentos Gerais (40 questões)
      • Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; 
      • Noções de informática; 
      • Normas aplicáveis aos servidores públicos federais; 
      • Regimento interno do Tribunal; 
      • Noções de arquivologia. 
    • Conhecimentos Específicos (40 questões)
      • Noções de Direito Administrativo, de Direito Constitucional, de Direito Eleitoral, de Administração Pública e de Administração Financeira e Orçamentária.
  • Técnico Judiciário Área Apoio Especializado Especialidade Operação de Computadores
    • Conhecimentos Gerais (40 questões)
      • Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa; 
      • Normas aplicáveis aos servidores públicos federais; 
      • Regimento interno do Tribunal.
    • Conhecimentos Específicos (40 questões)
      • Fundamentos da Computação, Sistemas Operacionais, Aplicativos, Noções de redes de computadores. Inglês técnico.
  • Analista Judiciário Área Judiciária (sem especialidade)
    • Conhecimentos Gerais (40 questões)
      • Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa;
      • Noções de informática; 
      • Normas aplicáveis aos servidores públicos federais;
      • Regimento interno do Tribunal.
    • Conhecimentos Específicos (40 questões)
      • Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal e noções de Administração Pública.
    • Prova Discursiva
      • Redação sobre tema de conhecimentos específicos.
  • Analista Judiciário – Área Administrativa (sem especialidade)
    • Conhecimentos Gerais (40 questões)
      • Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa;
      • Noções de informática; 
      • Normas aplicáveis aos servidores públicos federais;
      • Regimento interno do Tribunal.
    • Conhecimentos Específicos (40 questões)
      • Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Administração Pública, Administração Financeira e Orçamentária, noções de Direito Civil, de Direito Processual Civil,de  Direito Penal e de Direito Processual Penal.
    • Prova Discursiva
      • Redação sobre tema de conhecimentos específicos.
  • Analista Judiciário Área Apoio Especializado – Especialidade em Medicina (Psiquiatria)
    • Conhecimentos Gerais (40 questões)
      • Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa;
      • Noções de informática; 
      • Normas aplicáveis aos servidores públicos federais;
      • Regimento interno do Tribunal.
    • Conhecimentos Específicos (40 questões)
      • Ética médica e bioética. Conhecimentos clínicos e conduta médico-pericial. Perícia psiquiátrica. Psiquiatria Geral. Psicoterapias. Emergências psiquiátricas. Intervenção hospitalar. Trabalho com equipes multidisciplinares. Diagnóstico diferencial em psiquiatria. Psiquiatria Forense. 
    • Prova Discursiva
      • Redação sobre tema de conhecimentos específicos.
  • Analista Judiciário Área Apoio Especializado – Especialidade em Análise de Sistemas
    • Conhecimentos Gerais (40 questões)
      • Gramática e interpretação de texto da língua portuguesa;
      • Noções de informática; 
      • Normas aplicáveis aos servidores públicos federais;
      • Regimento interno do Tribunal.
    • Conhecimentos Específicos (40 questões)
      • Infraestrutura e conectividade. Desenvolvimento de Sistemas. Banco de dados. Segurança de informação. Gestão e governança de TIC. Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Administrativo; Noções de Administração Pública; Inglês técnico.
    • Prova Discursiva
      • Redação sobre tema de conhecimentos específicos.

As provas do concurso estão marcadas para a data provável de 16 de fevereiro de 2020.

Remunerações e atribuições

As carreiras de Analista Judiciário possuem remuneração inicial, de acordo com o edital, de R$ 12.455,30. Já os cargos de Técnico Judiciário possuem salário inicial de R$ 7.591,39. Além das remunerações, os servidores possuem ainda auxílio alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escolar e programa de assistência à saúde.

São atividades de responsabilidade de cada cargo:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária Executar
    • Atividades privativas de bacharel em Direito relacionadas com processamento de feitos e apoio a julgamentos;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa
    • Realizar as atividades de nível superior relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e de suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais;
  • Analista Judiciário – Área Engenharia Elétrica
    • Executar atividades de nível superior relacionadas com projetos de instalação e manutenção de redes de eletricidade;
  • Analista Judiciário – Área Taquigrafia
    • Executar atividades de nível superior relacionadas com registro, tradução e revisão de notas taquigráficas;
  • Analista Judiciário – Área Análise de Sistemas
    • Realizar atividades de nível superior relacionadas com o desenvolvimento, a implantação e a manutenção de sistemas informatizados;
  • Analista Judiciário – Área Medicina
    • Executar atividades de nível superior relacionadas com a assistência médica preventiva e curativa, conforme a especialidade médica;
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa
    • Executar atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais;
  • Técnico Judiciário – Área Operação de Computadores Executar
    • Atividades de nível intermediário relacionadas com operação e manutenção de equipamentos de informática;
  • Técnico Judiciário – Área Programação de Sistemas Executar
    • Atividades de nível intermediário relacionadas com a programação de sistemas informatizados.

Para mais informações, acesse o edital de 2019 do concurso TRE Pará.

Inicie já a sua preparação para o concurso! Agende uma entrevista gratuita com um de nosso consultores.